Homem é preso em flagrante por cultivar 160 pés de maconha em SP


Policiais da Rota encontraram uma espécie de estufa na residência do suspeito. Plantação de maconha foi encontrada dentro de residência em Itanhaém, SP.
Divulgação
Um homem, de 38 anos, foi preso em flagrante em Itanhaém, no litoral de São Paulo, por cultivar 160 plantas para a produção de entorpecentes. Na casa do indiciado, policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) encontraram uma plantação de maconha. As informações foram confirmadas ao G1 na manhã desta quinta-feira (21).
Equipes da Rota chegaram ao local, no bairro Balneário Gaivota, após uma denúncia anônima sobre o cultivo ilegal na residência. No endereço, os policiais encontraram vasos de maconha no quarto, quintal e sótão. O suspeito estava na residência e admitiu a plantação de maconha.
Lâmpadas e ventiladores eram utilizados para formar uma espécie de estufa, que mantinha as plantas, e termômetros indicavam a temperatura do ambiente. Além da plantação, foram apreendidos também um carderno com anotações que, segundo à polícia, indicavam a venda de drogas, uma quantia em dinheiro e um celular.
O responsável pela plantação foi encaminhado para a Delegacia Seccional de Itanhaém e autuado em flagrante. De acordo com a polícia, os indícios demonstram que as plantas cultivadas eram para venda, e não para consumo próprio.