Eduardo Baptista crava: ‘O Sport vai ganhar do Palmeiras’

Lance

Lance
Lance

Vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, o Sport joga a vida contra o Palmeiras no próximo domingo. Dentro de casa, o Leão quer impor seu ritmo desde o início e passar por cima do Verdão, que encara uma grande maratona de jogos.

Um dos mais animados com a partida é o técnico Eduardo Baptista. Confiante ao extremo, o comandante não tem dúvidas que, mesmo em má fase, o Leão vai derrotar o adversário no fim de semana.

“Vamos fazer a Ilha pulsar contra o Palmeiras no domingo. Podia ser Real Madrid ou Íbis. Contra qualquer um: vai dar Sport. (Por causa do) brilho no olho de cada um, do semblante no vestiário de cada atleta. É tristeza, claro, mas também a sensação de que fizemos um grande jogo. Enfrentamos o Corinthians de igual para igual. Brigamos e tivemos chances de ganhar. Infelizmente, pontualmente falhamos e acabamos perdendo. Mas vamos trabalhar para corrigir e fazer um jogo vitorioso”, afirmou o treinador ao Jornal do Commercio.

Boa Recordação

No 1º turno, o Sport foi até o Allianz Parque e após sair atrás do marcador, a equipe reagiu e derrotou o Palmeiras por 3 a 2, com gols de Anselmo e Rafael Marques.

Barbieri defende posse de bola do Fla e vê caminho para conquistar o título

Lance

Lance
Lance

Faltando 13 rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Flamengo se vê em um momento de baixa, caindo da liderança para o quarto lugar da tabela depois da Copa do Mundo. Apesar disso, existe confiança no trabalho e na disputa pelo título nacional até o fim, reforçou o técnico Maurício Barbieri.

Antes da atividade no Ninho do Urubu, o comandante – questionado pelos resultados ruins – lamentou a distância de cinco pontos para São Paulo, mas avaliou como possível a recuperação do Rubro-Negro até o fim do Brasileirão.

– Evidente que gostaríamos que a distância fosse menor ou que estivéssemos na ponta. Acho que precisamos encontrar de novo a consistência para voltar a ter uma sequência de vitórias. Não tivemos uma sequência de derrotas, mas estamos inconstantes – analisou o treinador do Flamengo nesta quinta-feira.

Com a sequência de resultados ruins, a crítica em cima do time e têm sido por conta da ineficiência no ataque. Enquanto o Flamengo tem uma das maiores médias de posse de bola no Brasileirão, o setor ofensivo parou de funcionar após a Copa do Mundo.

Nas últimas cinco rodadas, por exemplo, foram quatro gols marcados. Apesar disso, Barbieri saiu em defesa da posse de bola e do estilo de jogo da equipe

– A posse de bola do Flamengo é efetiva. São raros os jogos que o adversário finaliza mais. Temos sido agressivos, mas pouco eficientes. Contra o Vasco, o Arão teve a possibilidade de gol no fim. Se faz, o assunto seria diferente hoje.

Antes de enfrentar o Atlético-MG no Maracanã, domingo às 16h, o Flamengo faz mais dois treinos no Ninho do Urubu, nos quais Barbieri definirá a equipe titular. O Rubro-Negro não contará com o meio-campista Diego, suspenso.