Mulher dá à luz em vaso sanitário na Bahia; bebê nasceu morto


Equipe da Samu encontrou criança com a cabeça submersa dentro do vaso sanitário, na madrugada desta terça-feira (9), na cidade de Juazeiro. Mulher foi levada para a maternidade de Juazeiro
Reprodução/TV São Francisco
Uma mulher deu à luz no vaso sanitário de casa, na madrugada desta terça-feira (9), na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. De acordo com informações da Polícia Civil, o bebê nasceu morto.
Segundo a polícia, uma equipe da Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamada para atender Joseane Ribeiro de Oliveira, que estava passando mal, no bairro Vila Tiradentes. Após a equipe médica chegar no local, a dona da casa foi encontrada sentada no vaso sanitário do banheiro.
Segundo a Polícia Civil, a equipe do Samu colocou Joseane em uma maca e, em seguida, percebeu que o bebê que ela esperava estava dentro do vaso sanitário, com a cabeça submersa na água, sem vida.
A polícia informou que a mulher foi levada para a maternidade da cidade. Já o corpo do bebê foi para o Instituto Médico Legal (IML). O caso é investigado pela Polícia Civil.

Suspeitos de estelionato são presos após tentativa de suborno em Ferraz de Vasconcelos

Homens estavam com cartões de contas bancárias de terceiros, os quais seriam utilizados para transferir dinheiro de golpes. Eles ofereceram dinheiro à polícia para serem soltos e terminaram presos em flagrante. Dois suspeitos de estelionato foram presos em flagrante na tarde desta terça-feira (9) na Avenida Brasil, em Ferraz de Vasconcelos, por tentativa de suborno. Com eles a polícia encontrou uma pequena quantidade de drogas, mais de R$ 400 em dinheiro, além de documento de identidade e cartão em nome de outras pessoas.
Segundo a polícia, uma equipe abordou o veículo com dois ocupantes. Quando a equipe consultou o documento do veículo, havia um registro de que ele estava envolvido em um caso de clonagem de cartão.
Já durante a revista aos suspeitos, com um deles foi encontrado uma pequena quantidade de droga que, segundo a polícia, ele confessou ser para consumo próprio. Um deles tinha ainda um cartão com número e senha em nome de uma mulher.
Segundo a polícia, o suspeito confessou que a conta era da namorada de um amigo, que serviria para depositar R$ 1,5 mil provenientes de golpes, e que ele ficaria com uma parte e a titular da conta com outra. Segundo a polícia, eles confessaram participar de um esquema de estelionato.
Ainda de acordo com a polícia, o suspeito ofereceu R$ 400 para que os policiais liberassem eles, mas o valor não foi aceito.
Diante disso, ainda segundo a polícia, o suspeito ofereceu os R$ 1,5 mil que já tinham sido creditados na conta. Neste momento, os policiais prenderam os suspeitos por tentativa de suborno.
No carro foram encontrados ainda a cédula de identidade e mais R$ 411 em dinheiro.