Mãe, avó e neta são identificadas entre as vítimas de queda de helicóptero em Mogi das Cruzes


Cinco corpos já foram resgatados, mas identidade da quinta vítima ainda não é conhecida. Vítimas do acidente com helicóptero em Mogi das Cruzes são identificadas
O Corpo de Bombeiros de Mogi das Cruzes e os investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) encontraram neste domingo (4), os cinco corpos das vítimas de uma queda de helicóptero em Mogi das Cruzes.
A aeronave saiu da praia de Juquehy, no litoral Norte paulista, na noite de sábado (3) e tinha como destino um heliponto em Osasco, mas caiu em uma área de mata no Distrito de Quatinga em Mogi.
Das cinco vítimas, apenas uma ainda não foi identificada. No helicóptero estavam Natalia de Avila Treu de 42 anos, a mãe dela Iracema de Ávila de 73 anos, a filha de Natália, Lavínia de Ávila Araújo de 12 anos e Marcos Chindi Minomo de 54 anos.
Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram destroços do helicóptero que caiu em área de mata de Mogi.
Willian Tanida/TV Diário
O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou neste domingo que os investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), órgão regional do CENIPA, iriam fazer a ação inicial da ocorrência envolvendo a aeronave de matrícula PP-MTX.
A caixa-preta da aeronave já foi encontrada. Ainda de acordo com o Cenipa, a perícia foi coletar dados, fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos.
O órgão informou ainda que a conclusão de qualquer investigação terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente.
O tenente Marcos Mazzeo do Cenipa informou que eles fizeram a coleta de dados no local. “A investigação da Aeronáutica é dividida em 3 áreas: coleta de informações e dados, análise e produção de relatório. Pretendemos identificar fatores contribuintes que levaram ao acidente para fazer recomendações de voo para prevenção do acidente. Retiramos a caixa preta e providenciamento a remoção dos destroços para análise. Sabemos que a aeronave era um helicóptero Agusta que decolou ontem do heliporto de Juquehy por volta de 18h40 com destino a heliporto de Osasco. Eram 5 passageiros e não houve sobreviventes.”
Na noite de sábado, o Corpo de Bombeiros recebeu o chamado da ocorrência por volta das 19h20. Dezenove agentes trabalharam na operação na área de mata de difícil acesso próximo a Estrada Bento Moraes de Campos.
Eles encontraram três corpos. Mas na manhã deste domingo ao voltar à área eles buscavam mais duas vítimas.
Helicóptero cai no distrito de Quatinga em Mogi das Cruzes.
Alexandre Mauro/G1
O Corpo de Bombeiros de Mogi das Cruzes e os investigadores do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) encontraram neste domingo (4) os cinco corpos das vítimas de uma queda de helicóptero em Mogi das Cruzes.
O acidente
No começo da noite de sábado, um helicóptero de grande porte caiu em uma área de mata no distrito de Quatinga, em Mogi das Cruzes. Às 21h, os bombeiros confirmaram a morte de três pessoas, duas do sexo masculino. O sexo da terceira não foi divulgado.
A capitão do Corpo de Bombeiros Patrícia Alves informou que o chamado ocorreu por volta das 19h20. Dezenove agentes trabalharam na operação na área de mata de difícil acesso próximo a Estrada Bento Moraes de Campos.
“Instantes antes do acidente teve uma forte ventania. A aeronave está completamente destruída. Quando a equipe chegou, a aeronave estava incendiando. Localizamos as vítimas, porém sem vidas”, disse a capitão.

Please enter banners and links.

Motorista embriagado invade casa no bairro São Pedro, em Itajubá MG


Caso aconteceu por volta das 7h; cômodo estava vazio e ninguém se feriu. Acidente aconteceu por volta das 7h.
Reprodução/ EPTV
Um carro invadiu uma casa na manhã deste domingo (4), no bairro São Pedro, em Itajubá (MG). O veículo foi parar dentro do quarto da família, mas ninguém se feriu.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista, de 29 anos, apresentava sinais de embriaguez e perdeu o controle da direção.
O acidente aconteceu por volta das 7h e ninguém estava no cômodo no momento. O motorista foi encaminhado para a delegacia.
Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas.

Please enter banners and links.