Morre no HMS jovem que teve queimaduras de até 3º grau em 70% do corpo

Morte aconteceu em menos de 24h depois do princípio de incêndio no bairro Livramento. Paciente estava com quadro clínico gravíssimo e aguardava transferência para o HRBA. Morreu no início da tarde desta terça-feira (17) no Hospital Municipal de Santarém (HMS), no oeste do Pará, o jovem de 22 anos que ficou com queimaduras de 1º a 3º graus em 70% do corpo após um princípio de incêndio no bairro Livramento. O paciente estava internado na unidade hospitalar com o quadro clínico considerado gravíssimo pela equipe médica e aguardava transferência para o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA).
Após o princípio de incêndio, o jovem foi encaminhado ao HMS em uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), o jovem foi conduzido diretamente para a sala de reanimação. Foram identificadas queimaduras de 1º, 2º e 3º graus pelo corpo do paciente.
Pela gravidade do quadro clínico, o paciente foi intubado e colocado na manta térmica. De acordo com o hospital, o jovem estava recebendo todo o tratamento possível. No entanto, eram queimaduras graves que precisavam de atendimento de alta complexidade.
O princípio de incêndio
O jovem deu entrada na unidade hospitalar após manusear uma vela acesa próximo a uma motocicleta que estava com vazamento de gasolina, iniciando o princípio de incêndio. Uma mulher grávida também estava na casa, mas não se feriu.
A motocicleta ficou com a carenagem derretida devido ao forte calor e às chamas, assim como o sofá e outros objetos que estavam na sala. O Corpo de Bombeiros informou que o fogo foi controlado e a residência resfriada, o que evitou uma tragédia ainda maior.