Brasileirão Sub-23: América-MG apresenta três reforços para disputa

Lance

Lance
Lance

Morelli, Kaynan e França. Esses são nomes de três atletas que foram apresentados nesta terça-feira no América-MG e que farão o restante da temporada no Brasileirão de Aspirantes ou o Sub-23.

Morelli é volante, Kaynan é meia e França é atacante. Apenas o meia assinou em definitivo com o Coelho e anteriormente jogava no Bahia, mas ainda disputou o Campeonato Brasileiro, onde atuou pelo Caldense e fez apenas uma partida pelo clube.

Com essas três chegadas, o América-MG completa seis contratações para a equipe sub-23. O clube já havia confirmado as chegadas do goleiro Thiago Valle, do lateral-esquerdo Malcoon e do zagueiro Lucas Bolívia.

Restaurante D.O.M., de Alex Atala, é o 30º colocado em ranking mundial


Estabelecimento caiu 14 posições em relação ao ano passado em lista do anuário “World’s 50 Best Restaurants’. Osteria Franscescana, de Modena, recuperou liderança. Restaurante D.O.M., de Alex Atala, é o 30º no ranking de 2018
Rubens Kato/Divulgação
O restaurante D.O.M., de São Paulo, ficou em 30º lugar na lista do anuário “World’s 50 Best Restaurants”, divulgada nesta terça-feira (19), em Bilbao, no País Basco. A casa do comandada pelo chef Alex Atala caiu 14 posições em relação ao ano passado, quando foi considerada o 16º melhor restaurante do mundo.
O D.O.M. costuma aparecer com frequência na lista e esteve em 11º em 2016. O restaurante já chegou até mesmo a ocupar a quarta posição, sua colocação mais alta, no ano de 2012.
O campeão deste ano voltou a ser a Osteria Franscescana, um pequeno estabelecimento de Modena, na Itália, que já havia sido líder, mas que no ano passado perdeu a posição para o Eleven Madison Park, de Nova York, que agora caiu para a quarta posição.
O segundo melhor restaurante do mundo, de acordo com o anuário, é o El Celler de Can Roca, em Girona, na Espanha, e o terceiro é o Mirazur, em Menton, na França.
Entre os dez melhores, a América do Sul tem dois representantes, ambos em Lima, no Peru: o Central, na sexta colocação, e o Maido, na sétima.
Veja a lista completa (em inglês).
Há uma semana o anuário havia divulgado uma lista com as posições 51 a 100 na lista dos 100 melhores do mundo e três outros brasileiros foram mencionados. A Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda, de São Paulo, estreou no ranking em 79º lugar, enquanto o carioca Lasai, do chef Rafael Costa e Silva caiu de 76º para 100º. Já o também paulista Maní, da chef Helena Rizzo, que no ano passado aparecia em 81º lugar, este ano consta como 87º.