Idoso é preso por estupro a mulher dentro de ônibus de viagem em Rondônia

Suspeito alegou que estava bêbado e não lembra se passou a mão na mulher. Outro caso de estupro foi registrado em Porto Velho, na Zona Leste. Um idoso, de 60 anos, foi preso no último sábado (18) por suspeita de estupro dentro de um ônibus de viagem. O ônibus seguia pela BR-364 de Ariquemes a Porto Velho. O suspeito alegou estar bêbado e não lembrar do ocorrido.
Segundo o registro da ocorrência, uma senhora 49 anos informou à polícia que estava viajando em um ônibus quando, em determinado momento, o homem sentado ao lado passou a mão pela perna da mulher. Ela disse que retirou a mão do homem da coxa dela e dormiu em seguida.
A vítima ainda conta que próximo ao município de Itapuã do Oeste acordou e percebeu a mão do suspeito dentro da sua roupa, tocando nos órgãos genitais. A mulher informou ao motorista do ônibus e quando chegou à rodoviária em Porto Velho, acionou a polícia.
O suspeito, questionado pela polícia, afirmou que estava bêbado e se lembrava de ter passado a mão na perna da vítima, mas não se recordava de ter colocado a mão na região genital da mesma. O homem recebeu voz de prisão e foi levado à Central de Polícia.
Zona Leste
Na Zona Leste de Porto Velho, uma adolescente de 17 anos com deficiência auditiva foi abusada sexualmente na noite do sábado (18), por dois homens que a abordaram em uma motocicleta.
A mãe da jovem informou aos policiais que a filha, que é surda e muda, havia saído de casa para ir ao supermercado. Algumas horas depois a mulher recebeu uma ligação com a informação de que a vítima estava em um posto de combustível.
Ao chegar no local, a adolescente contou à mãe que foi abordada por dois homens armados em uma motocicleta, que a obrigaram a subir na moto e a levaram a uma região de mata. No local os suspeitos rasgaram a roupa da jovem e a estupraram.
O crime foi registrado na delegacia da região, que investiga o caso.

Corpo de mulher é encontrado em área de mata em Ananindeua, na Grande Belém

A vítima foi morta a tiros e foi encontrada no Guajará I, na WE-32, nas proximidades do Centro Comunitário Nelson Tomaz. O corpo de uma mulher, ainda não identificada foi encontrado neste domingo (19) no conjunto Guajará I, na WE-62, em Ananindeua, região metropolitana de Belém.
A vítima, segundo o Instituto Médico Legal (IML), apresentava marcas de tiros. Ela foi encontrada em uma área de mata, nas proximidades do Centro Comunitário Nelson Tomaz.
A Polícia informou que ainda está levantando informações sobre o caso.
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326