Representante comercial perde R$ 9,5 mil durante golpe em caixa eletrônico em Rio Preto

Vítima foi até a uma agência bancária e um desconhecido ofereceu ajuda. Suspeito sacou R$ 1,5 mil e ainda transferiu R$ 8 mil para uma conta. Um representante comercial de 54 anos foi vítima de estelionato ao perder R$ 9,5 mil neste fim de semana em uma agência bancária na Rua Campos Sales, no bairro Boa Vista, em São José do Rio Preto (SP). O caso foi no sábado (30) e registrado na polícia neste domingo (1º).
A vítima disse para a polícia que chegou ao banco para sacar R$ 100 no caixa eletrônico. Quando estava no caixa, um homem disse que o aparelho estava com problemas e ofereceu ajuda.
O representante comercial aceitou que o homem pegasse o seu cartão, além de colocar a digital no leitor biométrico. A vítima não soube explicar como, mas o suspeito sacou R$ 1,5 mil da conta e fez a transferência de R$ 8 mil para outra conta.
A polícia deve usar as câmeras de segurança do banco e as informações da conta para onde o dinheiro foi para investigar o caso.
Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba

Mulher é baleada ao tentar intervir em briga do filho na zona rural de Japonvar


Ela foi baleada na perna e levada para o hospital de Brasília de Minas; autor do disparo é atual esposo da ex-companheira do filho da vítima. Espingarda usada no crime foi apreendida com o suspeito em Japonvar
Polícia Militar/Divulgação
Uma mulher de 53 anos foi baleada durante uma briga nesse domingo (1º) em Japonvar, no Norte de Minas. De acordo com a Polícia Militar, a vítima tentou intervir em um desentendimento entre o filho dela, de 32 anos, com um outro homem na Vila São Cristóvão, às margens da MGC-135.
Segundo testemunhas, a atual esposa do autor é ex-companheira do filho da vítima e a briga começou por motivos passionais. A polícia informou que eles já se desentenderam outras vezes.
Durante a discussão, a mulher entrou na frente do filho para retirá-lo do local e foi atingida na região da perna. Segundo a PM, a vítima foi socorrida por uma ambulância do município ao hospital de Brasília de Minas.
Após o crime, o suspeito de 21 anos foi preso com uma espingarda. A esposa dele, de 24, desacatou os policiais e também foi detida. Os dois foram encaminhados à delegacia de Januária.