Oscar da vida real: Fotos comparam personagens reais e atores indicados em 2021


Cantores e ativistas políticos dominam histórias com personagens reais entre as indicações deste ano. Maior premiação do cinema acontece neste domingo (25). ASSISTA os trailers. Sacha Baron Cohen, Andra Day, Viola Davis, Daniel Kaluuya e Leslie Odom Jr. interpretam personagens reais em filmes indicados ao Oscar 2021
Divulgação
Entre os atores e atrizes que concorrem ao Oscar 2021, seis interpretam personagens que existiram na vida real. A premiação acontece neste domingo (25) com transmissão ao vivo no G1, a partir das 21h.
Veja quem são os indicados ao Oscar 2021
Cantores de jazz, blues e soul, ativistas políticos e até um informante do FBI estão entre os retratados pelos atores indicados. São eles:
Viola Davis como Ma Rainey (“A voz suprema do blues”)
Andra Day como Billie Holiday (“Estados Unidos Vs Billie Holiday”)
Sacha Baron Cohen como Abbie Hoffman (“Os 7 de Chicago”)
Daniel Kaluuya como Fred Hampton (“Judas e o messias negro”)
Lakeith Stanfield como William O’Neal (“Judas e o messias negro”)
Leslie Odom, Jr. como Sam Cooke (“Uma noite em Miami…”)
Apesar de só Sacha Baron Cohen e Leslie Odom Jr. estarem indicados individualmente, os protagonistas de “Os 7 de Chicago” e “Uma Noite em Miami…” são inspirados em pessoas que realmente existiram (Leia mais abaixo).
Veja, abaixo, a comparação entre atores e personagens:
Viola Davis como Ma Rainey (“A voz suprema do blues”)
Viola Davis como cantora de blues Ma Rainey no filme “A voz suprema do blues”
Divulgação
Viola Davis foi a atriz escalada para interpretar uma das primeiras cantoras de blues, Ma Rainey. Inspirado na peça de nome “Ma Rainey’s Black Bottom”, o filme mostra como a artista precisou se impor na sociedade e na indústria da música machista e racista dos anos 20.
“Estamos honrando você, Rainha. Obrigado pelo seu talento, pela sua verdade, pela sua força e pela sua coragem!”, escreveu Davis quando o filme estreou.
Além de Viola, Chadwick Boseman recebeu uma indicação póstuma pela atuação no longa dirigido por George C. Wolfe. O ator de “Pantera Negra” morreu aos 43 anos em agosto de 2020.
‘A voz suprema do blues’ é prova do talento de Chadwick Boseman em sua despedida; G1 já viu
‘A voz suprema do blues’ ganha trailer com Chadwick Boseman
Andra Day como Billie Holiday (“Estados Unidos Vs Billie Holiday”)
Andra Day como Billie Holiday no filme “Estados Unidos Vs Billie Holiday”
Divulgação
Outro grande nome da música retratado nos cinemas é Billie Holiday. O filme fala sobre a investigação secreta do governo dos Estados Unidos por envolvimento com drogas contra a cantora de jazz.
Andra Day, duas vezes indicada ao Grammy em 2016, faz sua estreia no cinema com o papel de destaque. Ela perdeu quase 20 kg e começou a fumar por conta do filme. Antes, Day chegou a fazer uma participação em “Marshall” (2017), longa com Chadwick Boseman e Josh Gad. Ela é indicada a melhor atriz.
Assista ao trailer de ‘Estados Unidos Vs Billie Holiday’
Sacha Baron Cohen como Abbie Hoffman (“7 de chicago”)
Sacha Baron Cohen interpreta o ativista político Abbie Hoffman em “Os 7 de Chicago”
Divulgação
Sacha Baron Cohen interpreta o ativista político Abbie Hoffman em “Os 7 de Chicago”, filme que mostra o julgamento de manifestantes contrários à Guerra do Vietnã depois que um protesto que acabou em violência durante a Convenção Nacional Democrata de 1968, em Chicago. Ele concorre ao Oscar de coadjuvante pelo papel.
O elenco todo é inspirado nos agitadores sociais que, de fato, foram a julgamento pelo tumulto nos anos 60. Estão no filme também Jeremy Strong como Jerry Rubin, Eddie Redmayne como Tom Hayden e Alex Sharp como Rennie Davis.
‘Os 7 de Chicago’ manda bem como aula de história, mas filme erra no tom e na falta de ritmo; G1 já viu
Daniel Kaluuya como Fred Hampton (“Judas e o messias negro”)
Daniel Kaluuya como Fred Hampton (“Judas e o messias negro”)
Reprodução/Youtube; Divulgação
Daniel Kaluuya, de “Corra!” interpreta o jovem ativista Fred Hampton que ascendeu no movimento Panteras Negras, em 1969. Ele chegou a se tornar o líder do grupo no estado de Illinois. Ele é o favorito ao Oscar de ator coadjuvante.
‘Judas e o Messias Negro’ trata de questões raciais com impacto e vigor; G1 já viu
Dirigido por Shaka King, “Judas e o Messias Negro” conta a história dos Panteras Negras, seu líder carismático e as tentativas do FBI de se infiltrar na organização.
LaKeith Stanfield, Jesse Plemons e Dominique Fishback também estão no elenco.
Assista ao segundo trailer do filme “Judas e o Messias Negro”
Lakeith Stanfield como William O’Neal (“Judas e o messias negro”)
William O’Neal se passou por Pantera Negra, mas era um informante do FBI, e ajudou na emboscada que matou Fred Hampton; LaKeith Stanfield interpreta O’Neal em ‘Judas e o Messias Negro’
Reprodução/YouTube; Divulgação
Stanfield interpreta William O’Neal, um informante do FBI, em “Judas e o Messias Negro”. O jovem foi preso aos 17 anos por roubo de carro e para se livrar das acusações aceitou dar informações sobre a organização de Fred Hampton.
Ele conquistou a confiança dos Panteras Negras do estado de Illinois e chegou ao cargo de chefe de segurança.
Foi O’Neal’ quem colocou remédio para dormir na bebida de Hampton no dia em que estava programado o ataque, e, consequentemente, o assassinato dele.
Leslie Odom, Jr. como Sam Cooke (“Uma noite em Miami…”)
Leslie Odom Jr. como Sam Cooke em “Uma noite em Miami…”
Divulgação
O filme de estreia de Regina King como diretora retrata um encontro fictício na década de 1960 entre quatro símbolos da luta dos negros nos Estados Unidos: o boxeador Muhammad Ali (Eli Goree), o ativista Malcolm X (Kingsley Ben-Adir), o cantor e compositor Sam Cooke (Leslie Odom Jr.) e o jogador da liga de futebol americano Jim Brown (Aldis Hodge).
Odom Jr. foi indicado como ator coadjuvante pelo performance como o Rei do Soul e na categoria música original por “Speak Now”.
“A Change is Gonna Come” é um dos hits de Cooke e virou hino na luta pela igualdade dos direitos civis nos Estados Unidos.
Assista ao trailer de ‘Uma Noite em Miami’
Mais cinebiografias a caminho
Além dos filmes indicados neste ano, Freddie Mercury e Elton John também já tiveram suas vidas e carreiras transformadas em cinebiografias em “Bohemian Rhapsody” e “Rocketman”, respectivamente.
Com o formato no gosto do público e das premiações, as próximas histórias a serem contadas no cinema são de Maddona, Elvis Presley e Bob Dylan. Saiba tudo no vídeo abaixo.
Semana Pop lista cinebiografias de grandes músicos que estão em produção