Oscar 2021 teve dança de Glenn Close, discurso de Youn Yuh-jung e Olivia Colman com salto na mão


Relembre momentos marcantes da cerimônia deste ano. Ator de ‘Minari’ levou o cachorro para passear antes da cerimônia e roubou a cena no tapete vermelho. Oscar 2021: ‘Nomadland’ vence o prêmio de Melhor Filme
Além de ter sido uma noite memorável para a diversidade e para as mulheres, o Oscar 2021 rendeu momentos divertidos.
‘Nomadland’ é grande vencedor, com prêmios de melhor filme, direção e atriz
FOTOS: veja como foi o tapete vermelho
Seja pela dancinha inesperada de Glenn Close, pelas fotos de Olivia Colman saindo da cerimônia em Londres com o sapato na mão ou pelo discurso da atriz sul-coreana Youn Yuh-jung. Relembre abaixo.
Vote no homem mais bem vestido
Vote na mulher mais bem vestida
Dancinha de Glenn
Initial plugin text
Glenn Close, indicada pela 8ª vez ao Oscar, saiu novamente sem a estatueta, mas não perdeu o rebolado. Literalmente.
Em um momento de descontração, o ator e comediante Lil Rel Howery e o DJ Questlove faziam uma brincadeira com os participantes da cerimônia.
Questlove colocava uma música e Howery perguntava se a ela já tinha sido indicada, se já tinha levado um Oscar ou nenhuma das opções.
Quando chegou a vez de Glenn, ela não só respondeu, como levantou e dançou a música “Da Butt”, presente na trilha do filme “Revolução Estudantil” (1988), dirigido por Spike Lee.
Glenn Close no Oscar 2021
Chris Pizzello/Pool via Reuters
Alfinetada em Brad Pitt
Youn Yuh-jung vence Oscar de atriz coadjuvante por trabalho em “Minari”
Reprodução/TV Globo
“Senhor Pitt, finalmente… É um prazer conhecê-lo. Onde você estava enquanto filmávamos?”.
Essa alfinetada foram as primeiras palavras de Youn Yuh-jung ao subir ao palco para receber o prêmio de melhor atriz coadjuvante por “Minari”.
O ator era um dos produtores do filme, mas aparentemente não compareceu aos sets de filmagens.
Pitt entregou o prêmio para a atriz neste domingo (25) por ter levado a estatueta no ano passado por “Era uma vez em… Hollywood”.
Oscar 2021: Youn Yuh-jung vence o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante
Depois da brincadeira que rendeu risadas da plateia, Youn fez um belo e sagaz discurso, assim como fez no Bafta, o Oscar inglês.
Uma das coisas que falou foi sobre as maneiras erradas que pronunciam seu nome, mas, com bom humor, afirmou que naquela noite todos estavam perdoados.
Ela também disse que não gosta da ideia de competição e que só venceu por “ter mais um pouco de sorte” do que as outras atrizes. “Como eu posso ganhar da Glenn Close?”, se perguntou no palco.
“Somos vencedoras, tivemos papéis diferentes, não podemos competir umas com as outras”, afirmou.
Depois de 50 anos dedicados ao cinema, este foi o primeiro Oscar da carreira de Youn e uma importante sinalização da Academia no sentido da diversidade. Ela foi a primeira atriz coreana a levar a estatueta para casa.
Oscar de Yuh-Jung Youn foi anunciado por Brad Pitt
AP Photo/Chris Pizzello
Gente como a gente
Olivia Colman sai da cerimônia do Oscar em Londres com salto na mão
Alberto Pezzali/Pool via Reuters
Olivia Colman saiu da cerimônia do Oscar com o salto na mão neste domingo (25). A atriz chegou ao local da transmissão em Londres usando vestido e sapato vermelhos.
Ela concorria com Maria Bakalova (“Borat: fita de cinema seguinte”), Glenn Close (“Era uma vez um sonho”), Amanda Seyfried (“Mank”) e Youn Yuh-jung (“Minari”) na categoria de atriz coadjuvante.
Não é a primeira vez que a atriz sai da festa com o sapato na mão. A mesma cena aconteceu no Oscar de 2020. Quem nunca?
Olivia Colman, indicada a atriz coadjuvante por “Meu Pai”, no Oscar 2021
AP Photo/Alberto Pezzali
Antes do show, um passeio com o cachorrinho
Antes de ir para a cerimônia do Oscar, Alan Kim, ator de ‘Minari’, passeou com o cachorro
Reprodução/Instagram/Alan Kim
Alan Kim, o ator de 9 anos de “Minari”, roubou a cena do tapete vermelho no Oscar 2021, mas antes arrancou suspiros da vizinhança.
O pequeno já estava produzido quando saiu para dar uma volta com seu cachorrinho Cream, antes de sair para a cerimônia. Ele não foi indicado ao Oscar, mas chegou cheio de charme no tapete vermelho.
Alan Kim venceu o Critics Choice Awards na categoria Melhor Ator/Atriz Jovem e se emocionou durante transmissão online. Ele também foi indicado ao Bafta de ator coadjuvante.
Alan S. Kim, ator de “Minari”, posa com Vicky Kim no Oscar 2021
AP Photo/Chris Pizzello