Orlando Morais se emociona ao falar sobre recuperação de Covid-19 e anuncia live em homenagem a enfermeiros


Durante participação no ‘Mais Você’, cantor relembrou período de internação e relembrou apoio da família. Orlando Morais se emociona ao falar sobre recuperação de Covid-19 e anuncia live em homenagem a enfermeiros
Reprodução/Globo
Na manhã desta terça-feira (20), Orlando Morais participou do programa “Mais Você” e se emocionou ao relembrar o período de internação por conta da Covid-19.
O cantor foi hospitalizado no dia 23 de março, oito dias após ser diagnosticado com a doença.
Orlando Morais recebeu alta em 1 de abril, mas afirmou em entrevista para Ana Maria Braga que ainda se recupera das sequelas.
“A gente não tem dimensão do sofrimento que é. Vinte e quatro horas por dia que a gente fica sem oxigênio. É desesperador”, afirmou o cantor sobre o período de internação.
Orlando contou que passou os oito primeiros dias da doença em casa. “O tempo inteiro tinha na minha cabeça que ia ser uma coisa leve. Não imaginei que ia chegar na situação que chegou. Do 9º ao 11º dia, comecei a ter febres muito altas. Chegou momento que não tinha forças mais pra ficar em casa. Fui para o hospital direto pra UTI”, relembrou o cantor.
Cantor Orlando Morais postou vídeo nas redes sociais após vencer a Covid-19
“Ela veio numa força, quando fui para a UTI. Sou muito forte, me sinto um vencedor. Coloquei na minha cabeça: ‘estou doente, não sou doente’.”
Orlando conta que se fixou no olhar da mulher, Glória Pires, e dos filhos, para se manter forte. “Não posso perder minha consciência”, pensava o cantor ao longo do tratamento.
“Em 33 anos, nunca tinha visto, nem em nossos piores momentos, nunca tinha visto o Orlando daquela forma. Ele tem claustrofobia e a sensação de ficar ser ar era muito complicada de lidar. Orlando é meu herói. Bem como todos aqueles profissionais que puderam dar a contribuição pra recuperação dele”, relatou a atriz Glória Pires.
O cantor ainda se emocionou ao rever o vídeo de sua saída do hospital e as mensagens de carinho de Glória e dos filhos. E, ao falar sobre a união e a liberdade da família, contou que teve medo de morrer.
“Naquele momento, me deu muito medo de perder tudo aquilo. Sabia que meus filhos não estavam preparados para aquilo. Aquilo tudo vinha na minha cabeça. Sou muito forte, mas eu não estava aguentando mais.”
Orlando também agradeceu aos profissionais de saúde que cuidaram dele durante a internação e anunciou que fará uma live em homenagem aos enfermeiros no dia 12 de de maio. “São guerreiros. Meu coração não pode ter mais gratidão a essa gente.”