Olivia Rodrigo põe ‘Drivers license’ no topo com recordes, Disney rock alternativo e treta amorosa


Como 1ª música da carreira solo da cantora e atriz se tornou o maior hit de 2021 até agora? O maior sucesso de 2021 (até agora) foi composto e gravado por uma californiana de 17 anos. “Drivers License”, de Olivia Rodrigo, é um Disney rock alternativo muito bem produzido.
O hit mistura drama adolescente e arranjo power balad, mas na perfomance de uma estrelinha do Disney+. A letra é sobre uma garota aos prantos, dirigindo perto da casa do ex. Ela acabara de tirar a carteira de motorista e queria estar passeando com ele. Mas está sozinha.
Olivia Rodrigo é uma das apostas do G1 para bombar em 2021
O hit recordista
“Drivers license” (veja trecho do clipe no vídeo acima) tem uma performance impressionante. A música conseguiu:
Chegar ao primeiro lugar do Hot 100 da “Billboard”;
Ser a maior estreia semanal na história do Spotify, com 65,8 milhões de streams;
Ficar no primeiro lugar na parada global e americana do Spotify, Apple Music e Itunes;
Liderar na Apple Music, em 48 países; no Spotify, em 31; e no YouTube, em 14;
Contabilizar quase 80 milhões de views em 20 dias de YouTube;
Ser a música internacional mais ouvida no Spotify brasileiro.
“Eu não esperava que quebrasse todos esses recordes. É surreal”, disse Olivia, em entrevista recente.
Olivia Rodrigo
Divulgação/Disney+
“Essa música consegue mesmo capturar as emoções de um término. Tem toda a angústia, tristeza e insegurança de um término.”
Olivia também contou que escreveu “Drivers license” enquanto chorava em casa, assim que chegou de um lacrimejante passeio de carro.
A música também fez com que ela fosse chamada pela revista “Rolling Stone” de “próxima grande contadora de histórias do pop”.
A série adolescente
Olivia Rodrigo e o elenco de ‘High School Musical: A Série: O Musical’
Divulgação/Disney+
Antes do chororô no volante, Olivia já tinha conquistado um respeitado fã-clube. Ela foi a Paige Olvera de “Bizaardvark”, do Disney Channel.
A série, gravada entre 2017 e 2018, era sobre duas jovens youtubers comediantes. O jeitão meio pateta e desligado dela já chamava atenção.
Um ano depois, foi chamada para “High School Musical: A Série: O Musical”, do Disney+, derivada de “High School Musical”. Ela vive Nini Salazar-Roberts, garota escalada para interpretar Gabriella Montez (no original, Vanessa Hudgens) em um espetáculo teatral.
Joshua Bassett e Olivia Rodrigo se beijam em ‘High School Musical: A Série: O Musical’
Divulgação/Disney+
A série mostra os bastidores para a encenação de “High School Musical: The Musical”. Ou seja, é uma série sobre o musical baseado em um musical de um filme. A segunda temporada deve ser lançada ainda neste ano.
O triângulo amoroso
O par romântico de Olivia na série é o ator e cantor Joshua Bassett (do beijo acima). Um suposto triângulo amoroso envolvendo os dois e uma colega do mundinho da Disney (Sabrina Carpenter) impulsionou a música.
Olivia, Joshua e Sabrina seriam uma versão 2021 do triângulo envolvendo Miley Cyrus, Nick Jonas e Selena Gomez.
Joshua Bassett acompanhado de Sabrina Carpenter (esq.) e de Olivia Rodrigo
Reprodução/Redes sociais dos artistas
“Drivers license” parece ter sido escrita após Olivia e Joshua terminarem um namoro. Eles nunca foram um casal oficialmente, porém.
Acompanhe a cronologia triangular:
A partir de maio de 2020, Olivia e Joshua pararam de interagir nas redes sociais;
Em julho, Joshua lançou a música “Anyone Else”, declarando-se a “outra pessoa”;
Em agosto, ele foi fotografado almoçando com Sabrina;
Em janeiro, saiu “Drivers license”, com versos como “E você provavelmente está com aquela loira lá / Que sempre me deixou na dúvida / Ela é tão mais velha do que eu / Ela é tudo o que faz me sentir insegura”
Uma semana depois, Joshua lançou “Lie Lie Lie”, versando sobre mentiras;
Passou outra semana e saiu “Skin”, com Sabrina Carpentar cantando: “Talvez você não quisesse ter dito aquilo / Talvez falou ‘loira’ só por causa da rima”
Olivia Rodrigo em cena do clipe ‘Drivers license’
Divulgação/Universal
A garota normal
O tataravô e o avô dela vieram das Filipinas, no sudeste da Ásia. O pai foi criado nos Estados Unidos, mas em uma casa com todas as tradições filipinas. Até hoje, eles comem refeições típicas do país. É de lá que vem o sobrenome Rodrigo.
Olivia tem tanto fã, em parte, porque mantém a postura de uma garota “normal”. Ela vibrou quando recebeu mensagem da Taylor Swift elogiando o sucesso, por exemplo. Também parece mais sincera do que suas colegas de pop, quando dá entrevistas.
Olivia mostra rotina de gente como a gente nas redes sociais
Reprodução/Instagram da cantora
“Eu já vi os filmes da ‘Saga Crepúsculo’ tantas vezes que parei de contar. Eu não tenho nem mais vergonha de assumir que eles são meus filmes favoritos”, disse ela. E o álbum preferido? “É ‘Pure Heroine’, da Lorde. Esse é meu disco preferido de todos os tempos.”
O primeiro show que foi, no entanto, foge um pouco do óbvio. “Foi do Weezer! Eu lembro que eu era tão pequena que não conseguia ver o palco, atrás da multidão, então eu fiquei me equilibrando em umas latinhas de refrigerante o tempo todo.”
Ela nunca pensou que uma crise de choro fosse bater tantos recordes. Só que o passeio de carro mais falado dos últimos tempos é só o primeiro capítulo de uma carreira que deve render muitos outros singles.