Obras das duas rodovias federais que cortam Uberaba continuam abandonadas


Na BR-050 está previsto um viaduto de acesso entre bairros e o centro da cidade. Já na BR-262, a obra contempla uma passarela para pedestres. Dnit informou que novo contrato está em andamento. As obras das duas rodovias federais que cortam Uberaba, BR-050 e BR-262, estão abandonadas desde o ano passado. Segundo o Departamento Nacional de Infraestura de Transportes (Dnit), 80% dos trabalhos estão concluídos e um novo contrato está em andamento para concluir o processo.
Na BR-050 está previsto um viaduto de acesso entre bairros e o centro da cidade. No local o que se encontra é muito mato, além de terra espalhada pelo asfalto. Já na BR-262, a obra contempla uma passarela para pedestres, mas somente os pilares de sustentação estão erguidos.
As obras, que começaram em 2010, tinham o prazo de dois anos para a conclusão, mas no início do ano passado a empresa responsável desistiu do projeto.
Terra está espalada pela BR-050
Reprodução/TV Integração
O objetivo das obras é facilitar o tráfego de 16 quilômetros no trecho urbano de Uberaba, onde passam 15 mil veículos por dia. De acordo com o engenheiro supervisor do Dnit, Elias João Barbosa, os custos das obras ultrapassam R$ 70 milhões e 95% deste total são recursos do Governo Federal.
Ele diz ainda que quase 80% das obras estão concluídas e que um novo contrato para finalizar as estruturas está em andamento com uma empresa que também se candidatou ao edital.
Na BR-262, outra obra está prevista que é a ligação entre Uberaba e Campo Florido, com acesso à comunidade da Capelinha, cujos trabalhos estão parados desde 2015.
Motoristas fazem contorno no meio da pista para chegar à Capelinha na BR-262
Reprodução/TV Integração

Powered by WPeMatico