O voto envergonhado em Bolsonaro pode ser decisivo na eleição

Bolsonaro tem apoio maior entre os mais jovens

Bolsonaro tem apoio maior entre os mais jovens
BBC BRASIL

A candidatura de Jair Bolsonaro(PSL) à presidência da República continua sendo desprezada por analistas importantes do cenário político brasileiro.

A razão principal para o descrédito é o tempo irrisório que ele terá no horário eleitoral gatuito.. 

Essa turma também acredita que ele começará a derreter assim que a campanha começar de fato e os ataques contra Bolsonaro ficarem mais intensos, com acusações de racismo e misoginia.

Pode ser.

Coluna lembra, no entanto, aos mais descrentes que o deputado tem uma forte penetração nas redes sociais e sua aprovação é maior entre os mais jovens, que são menos permeáveis à influência do horário eleitoral na televisão e no rádio.

Conta a favor de Bolsonaro, ainda, o chamado “voto envergonhado”, aquele em que o eleitor esconde o seu candidato com medo da patrulha de amigos e familiares.

Paulo Maluf era o grande beneficiário desse tipo de voto em São Paulo.

No início dos anos 90 só os taxistas tinham coragem suficiente para bancar que votariam em Maluf, que tinha virado sinônimo da sujeira na política e dado origem ao verbete malufar, que significava e – ainda significa – o cometimento de falcatruas por parte do agente público.

Assim, com as pesquisas não confirmando a sua real força, Maluf elegeu-se prefeito em 1992, e em seguida fez de Celso Pitta o mais vitorioso poste da política brasileira.

Bolsonaro ainda é visto por muitos apenas como um ser exótico que a democracia permite, mas Trump também foi tratado como estrovenga política pela imprensa americana, e todos sabem o que aconteceu.   

Bolsonaro pode não ocupar a cadeira de Temer, mas é bom não depreciá-lo.  

Powered by WPeMatico