‘O que eu mais desejo é tocar no Ceará’, diz Mari Fernandez, cantora do hit ‘Não, Não Vou’


A artista, que é de Alto Santo, no interior do estado, lançou um novo EP nesta quinta-feira e comentou o desejo de fazer shows em locais e eventos famosos do Ceará. Mari Fernandez fala do sucesso com ‘Não, não vou’
A cantora Mari Fernandez, que surgiu para a música brasileira com o hit ‘Não, Não Vou’, comentou a expectativa de fazer shows com público em locais e eventos famosos do Ceará. Ela, que alavancou a carreira durante a pandemia de Covid-19, ainda não teve a oportunidade de subir aos palcos e ter contato mais próximo com os fãs.
‘Pra Lascar o Coração’: Mari Fernandez, do hit ‘Não, Não Vou’, lança novo EP e comenta expectativa de fazer shows com público
Mari Fernandez, a rainha da pisadinha, ultrapassa barreira de viral no TikTok com sucesso de ‘Não, não vou’
“O que eu mais quero, com certeza, o que eu mais desejo é tocar no Ceará. É o meu estado. Até um tempo desses eu nunca tinha nem saído do Ceará. Eu quero muito tocar em Fortaleza que é onde eu estou há quase dois anos e já criei um amor enorme por essa cidade. Quero tocar muito no meu Vale do Jaguaribe”, revelou Mari.
A artista, que tem 20 anos e só quatro meses de carreira como cantora, também não esconde a vontade de participar de eventos tradicionais do estado. “Quero participar de grandes festivais como o São João, carnaval. Já quero ver a galera no carnaval de Aracati que a gente sabe que é sucesso cantando ‘passa lá em casa, tira minha roupa, fala que me ama'”, complementa a cearense.
Mari Fernandez lança EP com três músicas inéditas.
Novità/Divulgação
Mari Fernandez lançou, nesta quinta-feira (12), o EP ‘Pra Lascar o Coração’, com três faixas inéditas e um vídeo gravado durante ensaio da artista. A cearense de Alto Santo, no interior do estado, vivencia a fama nacional após uma música dela ser reproduzida diversas vezes em plataformas como Spotify, Deezer e YouTube, além da coreografia de sucesso no TikTok e Instagram.
“Nesse momento onde eu não posso ter contato com o público, o que eu mais me concentro é de passar o sentimento para as pessoas através da minha voz, da minha interpretação”, explica Mari sobre as estratégias para se aproximar do público em um período onde shows com milhares de pessoas não são permitidos.
“Não vejo a hora de ver as pessoas cantando. O que eu mais sonho é ter contato com a galera, não só com a ‘Não, Não Vou’, mas com todas as músicas. A quatro meses atrás começou minha carreira, mas o meu sonho já é desde os sete, oito anos. Existia show nessa época, a galera lotava [a gravação de] um DVD, então eu sonhava com aquilo”, revela Mari sobre a expectativa do contato mais próximo com o público.
‘Pra Lascar o Coração’
Mari, que já tem um álbum lançado — Piseiro Sofrência — convocou coletiva de imprensa para divulgar o novo projeto. A artista comentou ainda a expectativa de fazer grandes shows com público — já que elevou a carreira durante a pandemia —, revelou um próximo lançamento em parceria com DJ Guuga e a vontade de cantar com ídolos como Marília Mendonça e Gilberto Gil.
Apesar da carreira iniciante, Mari já consegue apontar a evolução entre os dois lançamentos. “As músicas deste novo EP estão bem melhores, foram bem mais caprichadas na produção, na entrega para interpretar. Eu realmente só fui interpretar a música com todo um sentimento. Eu tive o dia certo de interpretar, no dia que eu estava no clima da música. Entreguei todo meu sentimento”, revela a artista.
Ela revelou, inclusive, que Marionete, uma das músicas do EP, foi composta por ela, que fez questão de parar para escrever mesmo com a rotina cheia de compromissos por conta da ‘Não, não vou’.
As outras duas músicas do EP foram intituladas ‘Saudade Carinhosa’ e ‘Lascar Seu Coração’. “As três músicas se ligam. Elas contam a história de um relacionamento, das fases do relacionamento, explica a cantora.
Assista às notícias do Ceará no G1 em 1 Minuto