O gato que ganhou ‘mais uma vida’ graças à clonagem na China

Gatinho Alho foi clonado após morte do gato original

Gatinho Alho foi clonado após morte do gato original
BBC NEWS BRASIL

O gatinho Alho “voltou” à vida.

Na verdade, ele foi clonado por uma empresa chinesa de Pequim, a pedido do seu dono.

O Alho original morreu, mas a companhia conseguiu criar um novo embrião com o seu DNA.

O material, então, foi colocado em uma “barriga de aluguel” pelos cientistas. Resultado: nasceu um gato idêntico, que foi batizado com o mesmo nome.

“Estou muito feliz em ver o Alho. Depois de tanto tempo, eu não sei como descrever esse sentimento”, disse o dono do animal, Huang Yu, que desembolsou o equivalente a R$ 143 mil para fazer a clonagem.

O Alho foi o primeiro gato a ser clonado na China. O país vem se tornando uma potência genética, junto do Reino Unido, dos EUA e da Coreia do Sul.

Apesar dos avanços, essa indústria tem recebido críticas. Ela é acusada de explorar animais para beneficiar donos ricos de pets.