Número de presos sobe para 100 durante operação para desarticular crime organizado no Vale do Juruá


‘Operação Ilha Grande’ começou nesta quinta-feira (12) e também ocorre em Santa Catarina e Peru. Armas e drogas foram apreendidas. Número de presos sobe para 100 durante operação para desarticular crime organizado no Vale do Juruá
Divulgação/Polícia Civil
A Operação Ilha Grande, desencadeada pela Polícia Civil na madrugada desta quinta feira (12), no Vale do Juruá, prendeu, até esta manhã, 100 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e organização criminosa.
“Isso é fruto de trabalho de investigação que aconteceu ao longo de meses. São pessoas que fazem parte de organizações criminosas envolvidas em homicídios, roubos, furtos, tráfico de drogas e armas. Todos os alvos são de relevância pois fazem parte de rede criminosa e envolvem lideranças e pessoas que estão iniciando a vida dentro das facções”, disse o delegado Elton Futigami.
O delegado diz ainda que a operação tem o objetivo também pedagógico. “O combate mostra à população que a ilusão passada pelas facções são armadilhas e integrar estas organizações criminosas é crime que pode chegar a 12 anos de prisão”, destacou.
Foram apreendidas ainda armas e drogas, além de dinheiro que continha nome dos bairros. De acordo com a polícia, seria uma forma de controlar os pontos de drogas nessas localidades.
A operação também ocorre em Santa Catarina e no Peru e deve se estender até sexta-feira (13).