‘Nomadland’ ganha prêmio principal do Sindicato dos Produtores dos EUA

Considerada um dos melhores termômetros para o Oscar de melhor filme, premiação coincidiu 20 vezes nos últimos 30 anos com a categoria principal da Academia. Assista ao trailer de “Nomadland”
“Nomadland” foi escolhido nesta quarta-feira (24) como a melhor produção cinematográfica de 2020 no prêmio prêmio anual do Sindicato do Produtores dos Estados Unidos (PGA, na sigla original). O evento é considerado um dos principais termômetros da categoria de melhor filme do Oscar.
G1 JÁ VIU: ‘Nomadland’ mostra dor e beleza da vida na estrada em ficção com toque de documentário
Com a vitória, o filme sobre pessoas sem casa que vagam em vans pelos EUA se firma como o grande favorito à categoria principal da premiação da Academia, que acontece em 25 de abril.
Nos últimos 30 anos, os produtores premiaram 20 obras que viriam a ganhar como melhor filme no Oscar.
Dirigida por Chloé Zhao (“Domando o Destino”) e estrelada por Frances McDormand (“Três anúncios para um crime”) tem seis indicações da Academia (incluindo para ambas) e ganhou dois Globos de Ouro (melhor drama e melhor diretora).
No prêmio do sindicato, “Nomadland” concorria com “Borat: fita de cinema seguinte”, “Judas e o Messias Negro”, “A Voz Suprema do Blues”, “Mank”, “Minari”, “Uma noite em Miami…”, “Bela Vingança”, “O Som do Silêncio” e “Os 7 de Chicago”.