Nissan Sentra ganha nova geração com aerodinâmica de GT-R


Revelado em Xangai com o nome Sylphy, o sedã se inspira no “irmão maior” Altima. Nissan Sylphy, ou Sentra, revelado no Salão de Xangai
Divulgação/Nissan
Ao mesmo tempo em que apresenta o novo Versa nos Estados Unidos, a Nissan também mostra a nova geração do Sentra no Salão de Xangai. Chamado de Sylphy no mercado chinês, o sedã antecipa o visual que deverá chegar ao Brasil.
Assim como o “irmão menor”, o novo Sentra aposta no visual. A dianteira baixa, com faróis afilados e capô com vincos marcantes que formam a característica grade em “V” da marca tem apelo esportivo – e isso não é por acaso.
Nissan Sylphy, ou Sentra, revelado no Salão de Xangai
Divulgação/Nissan
Além de aproximar o sedã de rivais como o Honda Civic, a aparência também é funcional. O coeficiente aerodinâmico é de apenas 0,26, mesmo número do GT-R, segundo a marca. Na traseira o desenho é mais sóbrio, mas não menos inspirado.
O interior segue as linhas arredondadas e fluidas do Altima, com a central multimídia destacada e revestimento de couro nas porções superiores.
As saídas de ar são circulares no centro e horizontais nas extremidades do painel. O quadro de instrumentos combina mostradores digitais e analógicos.
Interior do Nissan Sylphy, ou Sentra
Divulgação/Nissan
Entre os equipamentos, o Sylphy poderá ter um sistema de permanência na faixa, alerta para colisão dianteira, monitoramento de pontos cegos, alerta de tráfego traseiro cruzado e frenagem de emergência.
A Nissan não divulgou qual será a motorização do modelo, apenas que ele permanecerá com a transmissão automática do tipo CVT.