Nasce 1º filhote de rinoceronte raro por inseminação artificial

Nasce o primeiro rinoceronte de espécie rara por inseminação artificial no zoológico de Miami, nos EUA. O filhote nasceu terça-feira (23) e ainda não se sabe o seu gênero

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Os veterinários do zoológico tentaram um cruzamento entre a fêmea Akuti, que em hindi significa princesa, e o macho Suru, que o nome significa “um começo”, mas a gravidez de forma natural não foi bem-sucedida

O fracasso nas primeiras tentativas de reprodução levou a equipe a buscar uma técnica de inseminação artificial 

O zoológico tem uma esquipe especializada em aumentar a população de espécies raras ou ameaçadas através da ciência reprodutiva

Em janeiro de 2018, o procedimento de coleta de material genético foi realizado e o embrião foi implantado na fêmea de rinoceronte indiano

Após a confirmação da gestação, foi necessário treinar Akuti para passar pelos exames sem ficar muito estressada. Os veterinários submetiam a fêmea à ultrassons regulares

Os exames periódicos permitiram estimar a data do parto. As câmeras do recinto do animal faziam o monitoramento 24 horas por dia para os veterinários serem acionados assim que o trabalho de parto tivesse início

O zoológico informou pelo Facebook que o filhote e a mãe estão bem, mas ainda não foi possível realizar com o novo mascote. Os veterinários precisam ter certeza que podem afastar ele da mãe com segurança, mesmo que por alguns minutos

Os rinocerontes indianos são encontrados no Nepal e na Índia e são alvos constantes de caçadores ilegais. O chifre desses animais é usado para fins medicinais em alguns países asiáticos