Musk diz que negocia instalação de banda larga da Starlink em aviões


O bilionário ainda não deu detalhes sobre quais empresas estariam envolvidas. A Starlink planeja lançar 12 mil satélites para oferecer o serviço de internet via satélite ao redor do planeta. Foto de arquivo de janeiro de 2020 mostra Elon Musk, discursa em uma entrevista
Joe Skipper/Reuters/Arquivo
O bilionário Elon Musk afirmou em um tuíte nesta quinta-feira (14) que está negociando com companhias aéreas a instalação da Starlink, um serviço de banda larga via satélite operado por sua companhia de foguetes SpaceX.
Musk não deu detalhes sobre as negociações e não ficou claro quais companhias aéreas foram contatadas ou quando uma primeira instalação do serviço em aviões poderia ocorrer.
A Starlink planeja lançar 12 mil satélites. A SpaceX afirma que a constelação vai custar cerca de 10 bilhões de dólares.
A empresa faz parte de um crescente número de companhias que estão oferecendo banda larga via lançamento de pequenos satélites, como a Kuiper, da Amazon.com; a OneWeb, Planet, e a Blue Canyon Technologies, da Raytheon Technologies.
‘Trem’ de satélites da SpaceX já foi visto no Brasil; reveja
Passagem do Trem de Satélites da SpaceX sobre Brasília, registro de Leo Caldas
Assista mais vídeos de tecnologia no g1