Músicas para descobrir em casa – ‘Anjo bom’ (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos, 1984) com Olivia Byington


Capa de ‘Música’, álbum de Olivia Byington em que a cantora interpreta ‘Anjo bom’
Reprodução
♪ MÚSICAS PARA DESCOBRIR EM CASA – Anjo bom (Flávio Venturini e Ronaldo Bastos, 1984) com Olivia Byington
♪ Em 1984, Flávio Venturini vivia pico de criatividade como compositor e, como cantor, se dividia entre a carreira solo iniciada em 1982 e o ofício de vocalista e principal criador de repertório do grupo 14 Bis.
Naquele ano, a banda lançou Todo azul do mar – parceria de Venturini com Ronaldo Bastos que se tornaria um dos maiores sucessos do 14 Bis – e o cantor apresentou o segundo álbum solo, O andarilho.
Editado em abril daquele ano de 1984, o álbum do artista mineiro apresentou Anjo bom, outra inspirada parceria de Venturini com Ronaldo Bastos, poeta e compositor fluminense, letrista de títulos fundamentais do cancioneiro do Clube da Esquina.
Na mesma época, Anjo bom ganhou a voz de soprano de Olivia Byington em gravação feita para o quarto álbum solo da cantora, Música, editado em maio de 1984 via Elenco, selo então vinculado à gravadora Som Livre.
Cantora carioca que tinha entrado em cena em 1978, transitando com agudos e com modernidade na tênue fronteira entre a música popular e a música dita erudita, Olivia arriscou repertório mais jovial no álbum Música. O disco foi produzido por Max Pierre e gravado com os toques dos músicos André Geraissati (guitarra), Bruno Cardoso (teclados), Carlos Bala (bateria), Mário Boffa Júnior (teclados), Pedro Ivo (baixo) e Ulisses Rocha (guitarra).
A canção Anjo bom abriu o lado B da edição em LP do álbum, em gravação adornada com o toque do violoncelo de Jaques Morelenbaum, tripulante da Barca do Sol.
Com a voz no auge do alcance e da limpidez, Olivia Byington valorizou essa bela canção de Flávio Venturini em que o poeta Ronaldo Bastos vislumbra a chegada de um amor romântico, idealizado, personificado na figura de um anjo bom.
A rigor, a bonita gravação de Venturini é a original por ter sido apresentada um mês antes em fonograma que uniu a voz do autor com a de Lô Borges. Contudo, na voz aguda de Olivia Byington, Anjo bom caiu com beleza ainda maior no coração do ouvinte. Que a música e a cantora – já há 11 anos fora do mercado fonográfico – sejam descobertas!
♪ Ficha técnica da Música para descobrir em casa 46 :
Título: Anjo bom
Compositores: Flávio Venturini e Ronaldo Bastos
Intérpretes originais: Flávio Venturini e Olivia Byington
Álbuns das gravações originais: O andarilho (de Flávio Venturini) e Música (de Olivia Byington)
Ano da gravação original: 1984
Regravações que merecem menções: a de Flávio Venturini no álbum Linda juventude ao vivo (1999) e a de Jane Duboc no álbum Partituras (1995).
♪ Eis a letra da música Anjo bom :
“Vem de lá
Nenhum lugar
Espaço além do coração
Vem na luz do sol
O vento traz
Nudez de tal
Revelação
Quando um grande amor
Tiver o prazer
De nos visitar
E se for alguém
Que possui a luz
De um anjo bom
Deixa entrar
Seremos dois
Milhões de sóis
De eterna manhã
Vem, meu anjo bom
Que tem o dom
E é da cor
Que eu quero mais
Nas constelações
Há de ter o bem
Que você sonhou
E será alguém
Que possui a luz
De um anjo bom
Anjo bom
Anjo bom”