Mulheres são mais da metade dos jogadores de videogame no Brasil

Mulheres são maioria entre os gamers no Brasil

Mulheres são maioria entre os gamers no Brasil
Pixabay

O público feminino está movimentando o mercado de games no Brasil e já é maioria entre os gamers por aqui. De acordo com a Pesquisa Games Brasil 2019, 53% do público que joga videogames no país é formado por mulheres. 

Os dados coletados revelam que os jogos digitais não são uma preferência masculina e que também não são uma diversão para adolescentes. Cerca de 40% dos gamers brasileiros têm entre 25 e 54 anos de idade.

A grande maioria das pessoas que se divertem com jogos eletrônicos por aqui, cerca de 85%, preferem o smartphone para uma partida. Os videogames são os mais usados por 48,5% dos gamers, os notebooks e os computadores ficaram com a preferência de 42% e os tablets com apenas 19,6%. 

O segmento do público de videogame que prefere jogar nas telinhas dos smartphones é conhecido como “gamer casual”. Essas pessoas jogam até três vezes por semana por até 3 horas.

Entre as mulheres que jogam com essa frequência, 40% admitem que os joguinhos são a forma preferida de entretenimento, principalmente quando o aplicativo é gratuito.

A pesquisa entrevistou mais de 3,2 mil pessoas por todo o Brasil entre os dias 5 a 8 de fevereiro de 2019. Os dados foram coletados pela Sioux Group, Blend e ESPM.