Motoristas de ônibus cobram escolta policial em mais veículos após série de ataques

Motoristas de coletivos se dizem apreensivos após onda de ataques ocorrida no fim de semana em cidades do Ceará. Ônibus é escoltado por veículo policial em Fortaleza
Após ataque a mais de 50 veículos do transporte coletivo em Fortaleza e Região Metropolitana neste fim de semana, o Sindicato de Trabalhadores Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro) afirma que “não está vendo a escolta” em todos os ônibus nas ruas da cidade, como havia afirmado a Secretaria de Segurança, mas há policiamento nos terminais.
A categoria está sendo orientada para tomar cuidado e ter atenção com movimentações e lugares mais perigosos, onde já foram registrados ataques neste fim de semana.
A TV Verdes Mares registrou ônibus com escoltas da Polícia Militar e Guarda Municipal em três pontos da cidade. No terminal Antônio Bezerra, os veículos que saíam em direção aos bairros mais perigosos de Fortaleza eram acompanhados de veículos da polícia.
No entanto, conforme os motoristas, o acompanhamento de equipes de segurança ocorrem na menor parte dos coletivos.
Ceará tem fim de semana violento com ataques a ônibus e prédios públicos
A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) afirma que a Polícia Militar e a Guarda Municipal está monitorando todas as linhas de ônibus em toda a cidade. Segundo a empresa, o plano está em andamento desde a madrugada de sábado (24), com atenção especial em alguns pontos específicos.
De acordo com a Etufor, detalhes sobre as áreas com maior atenção não vão ser repassadas por questão de segurança.
Fim de semana de ataques
Segurança reforçada nos terminais de ônibus de Fortaleza depois de ataques criminosos
O Ceará sofreu uma sequência de ataques criminosos, com incêndios contra ônibus e prédios públicos, no fim de semana. Em um dos ataques, suspeitos incendiaram mais de 50 veículos apreendidos pela polícia, que estavam em um terreno no prédio da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) da cidade de Cascavel, no litoral do estado.
Veja as ações criminosas ocorridas neste fim de semana:
12 ônibus foram atacados ao longo do fim de semana. Cinco ficaram foram completamente destruídos.
Homens atiraram contra o prédio da Secretaria da Justiça na madrugada sábado, no Bairro Aldeota. Três deles morreram em confronto com a polícia.
Criminosos queimaram mais de 50 carros e motos em um prédio da Secretaria da Infraestrutura de Cascavel.
Ainda nesta madrugada, criminosos usaram bombas caseiras para incendiar um dos blocos da Secretaria Regional IV, no Bairro Serrinha.
Homens arremessaram uma bomba incendiária contra o prédio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) de Sobral, na região Norte do estado.
O Juizado Especial Cível e Criminal, no Bairro Itaperi, também foi atacado a tiros na madrugada.
Duas antenas de telefonia foram danificadas por criminosos no Bairro Jardim Iracema e na Avenida Maestro Lisboa, no Bairro José Alencar.
Depósito de veículos e pelo menos 50 carros foram incendiados na cidade de Cascavel.
Bandidos atiraram contra a fachada do Banco Itaú na Avenida Washington Soares.
Um veículo foi parcialmente queimado em frente ao 20° Distrito Policial.
Duas ocorrências de disparos em frente a órgãos públicos foram registradas (18° Juizado Especial e Etufor)

Powered by WPeMatico