Moska avaliza estreia do uruguaio Miguel Bestard no Brasil com blues escrito em português


Cantor carioca é parceiro e convidado do single programado para 4 de agosto. ♪ Moska faz mais uma conexão com artista nascido dentro das fronteiras do Mercosul. Após interações com o uruguaio Jorge Drexler e com o argentino Kevin Johansen, o artista carioca faz colaboração com o cantor, compositor, guitarrista e produtor musical uruguaio Miguel Bestard.
Nascido em Montevidéu, Bestard está residindo no Brasil e já vinha acompanhando Moska, como guitarrista, nos shows feitos pelo cantor brasileiro antes da paralisação do universo pop por conta da pandemia do covid-19.
Moska é convidado de Miguel Bestard na gravação de Éxodo blues, música escrita em português. Composição feita por Bestard em parceria com Moska, autor da letra em português, Éxodo blues será lançada no mercado fonográfico brasileiro em single programado para 4 de agosto e promovido com clipe filmado com a participação de Moska, sob a direção de Waldyr Neto.
O blues integra o repertório autoral do segundo álbum de estúdio do cantor uruguaio, Formas de viajar, cujo lançamento está agendado para 28 de agosto pela gravadora carioca Roofhouse Records.
Capa do single ‘Éxodo blues’, de Miguel Bestard com participação de Moska
Reprodução
♪ Eis a letra de Éxodo blues, primeira parceria de Moska com Miguel Bestard:
Hoje espero um milagre, duvido mas escapo
Do vazio dessa solidão
Sou um iluminado, que caminha incendiado
Pela escuridão
E pergunto e me respondo, será que estarei certo
E mesmo que ainda não
Qual é a verdade em fim o rumo o lugar
Onde o coração está
Os meus sonhos e outras coisas, a quilômetros por hora
Voam nesse raro trem
E nesse carnaval sem festa, de perguntas sem respostas
Que avançam sem voltar atrás
E daqui da escuridão em que estou, vou vagabundeando
Sem saber o final
Qual é a verdade em fim o rumo o lugar
Onde o coração está
Pode projetar sua luz os sonhos que abraçar
Ou o peso dessa cruz
Penso e logo existo em meu corpo
Procuro e escuto na voz do silêncio
Qual é a verdade em fim o rumo o lugar
Onde o coração está
Pode projetar sua luz o tempo que durar
Morrer mais uma vez e ir renascendo até se encontrar