Moradores de Divinópolis enfrentam dificuldades para ter atendimento oftalmológico


Contrato entre Prefeitura e Hospital São João de Deus foi encerrado no final de 2017. Desde o ano final do ano passado, moradores enfrentam dificuldades para conseguir consultas e cirurgias oftalmológicas em Divinópolis. O motivo é o encerramento do contrato entre médicos terceirizados e Prefeitura.
O atendimento oftalmológico era prestado pelo Hospital São João de Deus através de uma equipe terceirizada de médicos de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. O contrato do município foi cancelado no final de 2017. Durante a parceria, 4 mil consultas e 500 cirurgias foram realizadas.
De acordo com o diretor técnico do hospital, Eduardo Gomes Mattar, o contrato entre os médicos e a Prefeitura foi cancelado por não estar mais atendendo ambas as partes. Desde então, o hospital tem tentado montar uma equipe própria, mas o número de atendimentos demandados pela Prefeitura é grande e existem dificuldades de encontrar profissionais no mercado.
Hospital tem tentado montar uma equipe própria, mas o número de atendimentos é alto
Reprodução/TV Integração
A aposentada Maria da Conceição sofre com pterígio desde a infância, doença que causa astigmatismo, vermelhidão e sensação de areia nos olhos. Por causa da falta de médicos, a aposentada está cega de um dos olhos e aguarda a cirurgia há três anos.
A Secretária Municipal de Saúde, disse que elabora um novo contrato para atendimento médico no Hospital São João de Deus. Por enquanto, o município oferece o atendimento com especialista no Consórcio Intermunicipal de Saúde da região do Vale do Itapecerica, na Policlínica ou em Belo Horizonte.

Powered by WPeMatico