Moçambique confirma primeira morte por cólera após ciclone

pelo menos 517 pessoas foram diagnosticadas com cólera

pelo menos 517 pessoas foram diagnosticadas com cólera
Mike Hutchings/Reuters – 27.3.2019

As autoridades de saúde de Beira, a cidade mais atingida pelo ciclone Idai, confirmaram nesta segunda-feira (1) a primeira morte por cólera na cidade.

Os registros de infectados pela doença também quase duplicaram nas últimas 24 horas. Até o momento, 517 pessoas já foram diagnosticadas com cólera. No sábado, o número era de 271 infectados.

A Organização Mundial da Saúde já confirmou o envio de 900 mil doses de vacina contra a cólera para a cidade.

Desde que o ciclone Idai destruiu a cidade de Beira no dia 14 de março, uma das principais preocupações das autoridades é o surto da doença, que pode atingir grandes proporções.

O governo já confirmou 518 mortes em decorrência do ciclone apenas em Moçambique. Países como Zimbábue e Malaui também foram afetados pelo desastre natural.

Milhares de pessoas ficaram isoladas por semanas sem acesso à água potável e eletricidade.