Ministra viaja à Ásia em busca de novos negócios para agropecuária

Tereza Cristina visitará países como Japão e China e diz que há novos mercados a explorar no continente. A força do mercado asiático levou a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a visitar países como Japão e China, em busca de novos negócios. Serão 10 dias de viagem, que começou com uma série de reuniões em Tóquio.
No ano passado, o agronegócio foi responsável por quase metade das exportações brasileira para o Japão, com a carne de frango liderando a lista. As vendas renderam mais de R$ 2 bilhões, mas representam o segundo pior resultado em uma década e queda de 18% em relação a 2017.
Depois do Japão, Tereza Cristina segue em viagem oficial para China, Vietnã e Indonésia.
Com relação à China, o Brasil está atento a duas questões importantes. A primeira, a febre suína africana, que se espalhou por pequenas propriedades do país e já levou ao abate de milhares de animais. E, segundo, a guerra comercial que vem sendo travada entre chineses e americanos.
A Ásia responde por 36% das exportações brasileiras e há novos mercados a explorar, na opinião da ministra, como Vietnã e Indonésia, que somados, têm mais de 300 milhões de habitantes. Ela também acredita ser possível expandir a venda de café e algodão para a China e fechar acordo para exportação de abacate para o Japão. O continente está na mira do governo brasileiro.