Mina contaminada com coliformes fecais é monitorada em Divinópolis


Segundo assessoria de comunicação da Prefeitura, nascente no Bairro Niterói foi interditada na última quarta-feira (21). Análise de nascentes minas é feita periodicamente em Divinópolis, segundo Prefeitura
Reprodução/TV Integração
A mina de água do Bairro Niterói passa por reforço no monitoramento em Divinópolis. Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura, a nascente foi interditada para consumo humano depois que foram encontrados coliformes fecais em amostras coletadas no local.
Os coliformes são bactérias comuns no intestino do ser humano e de animais de sangue quente. No organismo, elas ajudam no processo digestivo, mas, se ingeridas, podem causar uma série de distúrbios para o corpo. A presença de coliformes em grandes quantidades na água é um indicativo de que o local foi contaminado por fezes ou despejo irregular de esgoto.
De acordo com a Prefeitura, a contaminação na mina do Bairro Niterói foi descoberta na última quarta-feira (21) durante monitoramento de rotina feito por meio do Programa de Vigilância das Águas (Vigiágua).
A assessoria de comunicação da Prefeitura de Divinópolis informou que uma nova análise da água será feita em abril. Não há prazo para a liberação da água para consumo.

Powered by WPeMatico