Microsoft supera Apple e vira empresa mais valiosa do mundo


Ações da dona do iPhone caíram após faturamento do 3º trimestre decepcionar analistas. A criadora do Windows, por sua vez, teve receita acima do esperado com alta na demanda por serviços baseados em nuvem. Fachada da Microsoft em Los Angeles.
REUTERS/Lucy Nicholson
A Microsoft ultrapassou a Apple em valor de mercado nesta sexta-feira (29) e se tornou a empresa de capital aberto mais valiosa do mundo. Por volta das 12h40 (horário de Brasília), a fabricante do Windows era avaliada em US$ 2,459 trilhões, enquanto a dona do iPhone era avaliada em US$ 2,452 trilhões.
A troca de posições foi causada principalmente por uma queda no valor das ações da Apple após o fechamento do mercado na quinta-feira (28). Os papéis da empresa terminaram o dia avaliados em cerca de US$ 152 cada e iniciaram a sexta-feira vendidos a cerca de US$ 147.
O recuo aconteceu após a emresa divulgar seu balanço do 3º trimestre de 2021. O lucro no período foi de US$ 20,5 bilhões e ficou acima das expectativas, mas o faturamento decepcionou analistas após problemas de abastecimento com a escassez de chips.
O presidente-executivo da Apple, Tim Cook, disse que o impacto será ainda pior nas vendas de fim de ano.
“Estamos fazendo tudo o que podemos para obter mais [chips] e também tudo o que podemos fazer operacionalmente para garantir que estamos avançando o mais rápido possível”, disse Cook à Reuters.
Fachada da loja da Apple em Manhattan, em Nova York, em 21 de julho de 2015
REUTERS/Mike Segar
Crescimento na Microsoft
A Microsoft registra alta no valor de suas ações nas últimas horas. Os papéis da empresa terminaram a quinta-feira vendidos a US$ 324 cada e, às 12h40 desta sexta eram oferecidos a cerca de US$ 327 cada.
As ações da companhia subiram mais de 45% em 2021, com a demanda por seus serviços baseados em nuvem impulsionando as vendas. As ações da Apple, em comparação, subiram 15% até agora em 2021.
A criadora do Windows superou as expectativas com seu faturamento trimestral, com o aumento da demanda pelos serviços de nuvem. A empresa disse que a receita do segmento “Intelligent Cloud” cresceu 31% no terceiro trimestre, chegando a US$ 17 bilhões.
A Apple ultrapassou a Microsoft em valor de mercado pela primeira vez em 2010, quando o iPhone a tornou a principal empresa de tecnologia de consumo. Nos anos seguintes, as empresas se revezaram como os negócios mais valiosos do mundo, com a Apple detendo o título desde meados de 2020.