Metade das casas brasileiras tem um carro na garagem para uso pessoal, diz IBGE


Pesquisa aponta ainda que 22,9% dos entrevistados têm ao menos uma motocicleta e que 11,7% têm os dois. 49,2% dos domicílios brasileiros têm automóvel para uso pessoal
Divulgação
O programa de Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) divulgou nesta quarta-feira (6) os dados de 2019 sobre propriedade de automóveis e motos no Brasil. Os números mostram um aumento na posse dos bens em relação aos 3 anos anteriores.
Realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pesquisa representa dados de aproximadamente 168 mil domicílios participantes da amostra, durante todo o ano.
Segundo o programa, em 2019, 49,2% dos domicílios brasileiros possuíam ao menos um automóvel para uso pessoal dos moradores e 22,9% ao menos uma motocicleta. Os números representam uma evolução em relação a 2016, 2017 e 2018. Veja a tabela abaixo.
Posse de bens nos domicílios
Além dos números separados, o PNAD revelou que 11,7% das casas possuíam os dois: ao menos um carro e ao menos uma moto.
A maior concentração de domicílios com os dois veículos como bens está no centro-oeste, com 16,9%, seguido do sul, com 15,6%, e do sudeste, com 11,7%. O sul tem a maior quantidade de carros, 68,5%, enquanto o norte tem a maior quantidade de motos, 31,8% (mais do que os 28,1% dos carros). Veja o gráfico abaixo.
Posse de automóvel e motocicleta por domicílio
IBGE, PNAD Contínua, Diretoria de Pesquisas e Coordenação de Trabalho e Rendimento