Mercedes-Benz GLA ganha nova geração; SUV chega ao Brasil no 2º semestre de 2020


Modelo teve mudanças nas dimensões e ficou mais “altinho”. Motores turbo variam 163 a 306 cavalos de potência. Mercedes-Benz GLA ganhou nova geração
Divulgação
A Mercedes-Benz revelou na Alemanha a nova geração do GLA. Definido pela empresa como uma combinação de um compacto com SUV, o modelo cresceu em alguns aspectos, como a altura, e diminuiu em outros, no caso o comprimento.
Seu visual também mudou, apesar de manter a essência do modelo, mas passa um impressão de ser mais off-road que se antecessor. Para-choques mais robustos e com maior ângulo de ataque ajudam a dar o ar mais aventureiro ao SUV.
Principais mudanças nas dimensões do GLA
Marca mudou dimensões do carro para ter mais espaço interno;
Ficou menor no comprimento: passou de 4.424 mm para 4410 mm;
Mais largo: foi de 1.804 mm para 1.834 mm;
Mais alto: passou de 1.507 mm para 1.611 mm;
Entre-eixos mais longo: foi de 2.699 mm para 2.729 mm
Porta-malas cresceu para 435 litros. Antes, tinha 421 litros.
Dimensões do novo Mercedes-Benz GLA
Divulgação
Todos os modelos com a tração integral 4Matic também contam com o pacote especial Off-road, que traz, entre outros dispositivos, um assistente eletrônico para descidas íngremes.
Motores vão de 163 a 306 cavalos
O SUV está confirmado em duas versões. A GLA 200 tem motor de 4 cilindros turbo, com 1.332 cc de cilindrada, que é capaz de atingir 163 cavalos de potência e 25,5 kgfm . Nessa configuração, o carro faz de 0 a 100 km/h em 8,7 e atinge velocidade máxima de 210 km/h, utilizando câmbio DCT de 7 velocidades.
A top de linha GLA 35 4Matic AMG conta também com motor de 4 cilindros turbo, mas com 1.991 cc de cilindrada e câmbio AMG de dupla embreagem de 8 marchas. Com 306 cavalos de potência e 40,8 kgfm de torque, ele faz de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos e sua velocidade máxima ultrapassa os 250 km/h.
Mercedes-Benz GLA de nova geração
Divulgação