MEC adia inscrições para o Fies no segundo semestre


Inicialmente previsto para começar nesta terça-feira (21), o Ministério da Educação não informou novas datas para o processo. Página inicial do Fies anuncia adiamento do período de inscrição para o Fies 2020/2
Reprodução/MEC
O Ministério da Educação (MEC) adiou o início das inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no segundo semestre. Previsto inicialmente para começar nesta terça-feira (21), a pasta informou em nota que não há ainda uma nova data para o processo (veja foto acima).
O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas e, atualmente, possui duas categorias:
a primeira oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos
a segunda, chamada P-Fies, é direcionada para os estudantes com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos
De acordo com o edital para a seleção do segundo semestre de 2020, o candidato interessado deveria se inscrever no site do Fies (http://fies.mec.gov.br) entre os dias 21 e 24 de julho.
Após a indicação da pasta para um novo prazo de inscrições, os candidato deverão criar uma conta “gov.br” por meio de cadastro no “Login Único” do governo federal.
Podem se candidatar, segundo o edital:
Quem fez o Enem a partir de 2010 e teve média igual ou superior a 450 pontos nas notas nas cinco provas e que não tenha zerado na redação
Possua renda familiar mensal bruta per capita de até 3 (três) salários mínimos
O candidato poderá escolher três opções de curso, turno e local de oferta entre os disponíveis. Ele será selecionado de acordo com a nota obtida no Enem.
O desempate, segundo o edital, se dará por meio das seguintes notas, na ordem: redação; linguagens; matemática; ciências da natureza e ciências humanas.
7 perguntas para não cair em uma cilada no Fies