MC Don Juan e Wesley Safadão reforçam união de funk e forró, estilos que dominam o Brasil


Paulista e cearense, ídolos dos dois ritmos em alta, vão lançar dueto ‘Tu vai rodar’; ouça prévia. Na faixa, Don Juan dá pausa no funk e canta melodia de forró: ‘Minha intenção é expandir’. Ouça trecho de ‘Tu vai rodar’, parceria de Don Juan e Wesley Safadão
A química entre Safadão e Don Juan não está só no nome artístico sedutor. O forrozeiro cearense e o funkeiro paulista têm em comum a disposição para parcerias diversas, e gravaram “Tu vai rodar” em um momento em que o forró e o funk são os dois ritmos campeões de audiência no Brasil.
Ouça acima um trecho de “Tu vai rodar”, de MC Don Juan e Wesley Safadão, que será lançada na sexta-feira (9).
Sertanejo perde terreno e ídolos do forró e do funk assumem top 3 pela primeira vez
Dupla forrozeira
As batidas são de pisadinha, o forró de teclado. O refrão sugere movimentos simples, de olho nas dancinhas do TikTok. A surpresa é a voz de Don Juan. Ele dá uma pausa no funk e assume o canto do forró. Ele nem parece um MC, e sim cantor da dupla forrozeira Safadão & Don Juan.

Don Juan sempre foi um funkeiro mais melódico, desde sucessos como “Amar, amei”, de 2017. Mas em “Tu vai rodar” ele vai mais longe. “Minha intenção sempre foi essa, gravar outras paradas, expandir, respirar outros ares”, diz o artista de 20 anos ao G1.
MC Don Juan e Wesley Safadão em clipe de ‘Tu vai rodar’
Divulgação
Don Juan está em todas
Safadão não é a única conquista de Don Juan. O funkeiro é o maior arroz de festa do pop brasileiro atual. Além de inúmeras parcerias em seu terreno, como no hit “Bipolar” (com MC Pedrinho, MC Davi e DJ 900), ele tem se aventurado bastante em outras áreas:
Arrocha com Tierry, em “Lockdengo”
Pagode com Grupo Presença, em “Vai ter que aguentar”
Eletrônica com Alok, em “Liberdade” (com DJ GBR)
Sertanejo com Maiara e Maraisa (“Vai ter que aguentar”) e Luiza e Maurílio (“Saudade do ex”)
E mais sertanejo: no dia 15 de julho sai um dueto com Felipe Araújo, seguido por uma parceria já gravada de Don Juan com Luan Santana (ainda sem data definida)
O resultado de tantos hits dentro e fora do funk é que Don Juan é o funkeiro mais ouvido no Brasil hoje, e um dos líderes entre todos os estilos.
Ele é agenciado pelo escritório paulista GR6, mas também assinou contrato recente com a gravadora Warner. A faixa com Wesley Safadão já é resultado dos contatos da nova gravadora, que devem acelerar ainda mais o impressionante ritmo de parcerias.
Don Juan fala sobre fase cantando funk mais ‘light’: ‘Agora estou pegando todos os públicos’
Don Juan e Wesley Safadão no clipe de ‘Tu vai rodar’
Divulgação
‘E aê, DG?’
Por trás do duo Don Juan & Safadão em “Tu vai rodar” está outra dupla que ajuda a dar a liga nordestina. Os produtores pernambucanos DG e Batidão Stronda assinam a nova versão da faixa – que havia sido lançada de forma solo por Wesley. Eles estouraram na onda do brega-funk em 2018 (ainda mais depois que a MC Loma gritou “E aê, DG” no hit “Envolvimento”).
DG e Batidão Stronda foram além do brega-funk e viraram parceiros da GR6. Eles produzem a maior parte das aventuras de Don Juan em outros estilos. “Eu me sinto mais confortável com eles. Sempre quando vou fazer essa parada diferente, quando vou para o outro lado, gosto de ter os moleques do meu lado para instruir”, diz o MC.

Ponte funk-forró
“O pessoal começa a ver com outros olhos, vê que a gente consegue cantar tudo mesmo. A minha vontade é essa: arriscar. Hoje o pessoal vê: ‘Don Juan canta funk, mas quando grava forró ele vai lá e faz uma parada legal. Não está ali ‘de assustado'”, ele diz.
O esforço de Don Juan reforça uma via de mão dupla entre o funk e os ritmos nordestinos como o forró, o brega e o arrocha. Artistas do Nordeste incorporaram elementos do funk em seus estilos e DJs e MCs do Sudeste também misturam esses ritmos em suas produções.
Ritmo frenético
Outro “match” no romance entre funk e forró hoje é o ritmo frenético de lançamentos. Enquanto artistas de sertanejo, MPB ou rock lançavam álbuns ou DVDs com planejamento de longo prazo, funkeiros e forrozeiros estão acostumados a soltar gravações na internet como se não houvesse amanhã.
A pressa virou amiga das plataformas de streaming, ávidas por conteúdo novo – tanto que os dois estilos passaram a reinar.
“A forma que a gente faz é muito rápida, né, mano? Às vezes, o que os caras fazem em um mês a gente faz num dia. A gente lançou um EP agora, “Dois lados da mesma moeda”, com o Hariel. Eles pediram e no dia seguinte mandamos o álbum completo. Eles piraram, falaram: ‘Não é possível'”, diz Don Juan.
A Warner nem ousou puxar o freio. “A gente sempre pensou em ter uma parceria com uma gravadora foda. Eu tinha até medo, mas a gente chegou com voz, o pessoal escuta, vê o reconhecimento, o que a gente sabe fazer. Eles estão estudando a gente agora. A gente tinha eles como referência, e hoje eles nos veem dessa forma. É uma vitória muito grande”, diz Don Juan.
MC Don Juan
Reprodução/ Facebook MC Don Juan