Martinho da Vila lança álbum inspirado pelo Rio de Janeiro com capa assinada pela caricaturista Lan


♪ Embora nascido na cidade fluminense de Duas Barras (RJ), em fevereiro de 1938, Martinho da Vila se tornou o típico cidadão carioca. Tanto que, em 1994, lançou o álbum Ao Rio de Janeiro, dedicado à cidade em que ganhou projeção nacional a partir da segunda metade da década de 1960.
Aos 82 anos, o cantor, compositor e ritmista renova os votos em relação à cidade com o álbum Rio: só vendo a vista, 55º título da discografia de Martinho da Vila.
Primeiro álbum de estúdio de Martinho desde Bandeira da fé (2018), CD ao qual se seguiu o disco ao vivo Martinho 8.0 ao vivo – Bandeira da fé: um concerto pop-clássico (2020), lançado em fevereiro, o álbum Rio: só vendo a vista chega ao mercado fonográfico na próxima sexta-feira, 20 de outubro, com capa assinada pela caricaturista Lan (1925 – 2020), morto em 5 de novembro, aos 95 anos.
A capa do álbum expõe os traços característicos de Lan, artista de origem italiana e criação uruguaia que se apaixonou pela cultura carioca – em especial pelas mulheres e pelo samba do Rio de Janeiro – desde que veio morar no Brasil em 1952.
A capa do álbum Rio: só vendo a vista é o último trabalho do artista visual na área fonográfica, mercado em que o caricaturista, chargista e ilustrador atuou desde os anos 1950.