Maria Gadú doa cilindros de oxigênio para ajudar indígenas durante pandemia em RR


Doações foram articuladas pelo Greenpeace e Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab). Artista é defensora dos indígenas e do meio ambiente. Maria Gadú ajudou com dois cilindros de oxigênio
Fernando Banzi / Divulgação
A artista Maria Gadú doou dois cilindros de oxigênio de 50 litros para ajudar indígenas em Roraima durante a pandemia de coronavírus, informou o Conselho Indígena de Roraima (CIR). O material foi repassado à Casa de Saúde do Índio (Casai) Leste nesta segunda-feira (1°).
Gadú é defensora dos povos indígenas e do meio ambiente. No ano passado, ela participou de uma live em apoio à luta dos povos indígenas contra a Covid-19 e a destruição das florestas tropicais.
Segundo o CIR, a doação foi articulada entre o Greenpeace, ONG com pautas relacionadas ao meio ambiente, e a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab).
Após receber os cilindros e materiais de limpeza, o CIR avaliou qual comunidade ou instituição estava precisando das doações. Então, definiu que seria enviado à Casai.
Cilindros recebidos na Casai
Reprodução/Instagram/cir_conselhoindigenaderoraima
Ainda conforme o Conselho, a unidade de saúde não sofre com falta de oxigênio. No entanto, a medida foi tomada como prevenção porque Roraima enfrenta uma segunda onda e fase grave da pandemia de coronavírus.
O estado registra morte de 57 indígenas em razão da Covid-19. Ao todo, já foram infectados 5.032 indígenas, conforme o último boletim epidemiológico divulgado na noite desta segunda.