Marcos Sacramento festeja 60 anos com ‘Show em casa’


Cantor fluminense faz chorar a ‘Triste cuíca’, de Noel Rosa, em apresentação com samba lançado em 1947 pelo conjunto Quatro Ases e um Coringa. ♪ Cantor e compositor fluminense nascido em Niterói (RJ) em 27 de julho de 1960, Marcos Sacramento festeja 60 anos de vida com a realização de Show em casa. Trata-se de apresentação gravada para exibição – às 21h de segunda-feira, 27 de julho – exclusivamente no canal do artista no YouTube.
Formado por 10 músicas, o roteiro do Show em casa de Sacramento prevê composições como Triste cuíca – samba feito em 1934 por Noel Rosa (1910 – 1937) com Hervê Cordovil (1914 – 1979) e lançado em disco em 1935 pela cantora Aracy de Almeida (1914 – 1988) – e É com esse que eu vou (Pedro Caetano, 1947), samba apresentado em disco pelo conjunto Quatro Ases e um Coringa.
Além de interpretar temas alheios, Sacramento também dará voz a composições autorais como Conformação e Dois lados, parcerias do artista com Zé Paulo Becker, ambas lançadas há sete anos no álbum Todo mundo quer amar (2013), gravado e assinado pelo cantor em duo com Becker.
O Show em casa de Marcos Sacramento prevê a participação de Nina Wirtti no canto de bolero de autoria dos artistas, Teus olhos, reeditando o dueto feito por Sacramento e Wirtti no último álbum do cantor, Drago (2019), disco gravado com músicos arregimentados para a apresentação virtual, como Luiz Flávio Alcofra (violão), Pedro Aune (contrabaixo), Netinho Albuquerque (percussão) e Glauber Seixas (guitarra).
Parceiro mais antigo de Sacramento, Paulo Baiano também estará na cena caseira, tocando piano em Jesus é preto (2000), música dos artistas, gravada há 20 anos pela cantora Clara Sandroni.
Embora pouco conhecido fora do circuito fluminense, Marcos Sacramento é reconhecidamente um cantor habilidoso, de interpretações sagazes, como já ficou evidenciado em primorosos álbuns como Aracy de Almeida – A rainha dos parangolés (2017).