Mandante de ataque à Ciops em Sobral é um presidiário, diz polícia do Ceará


Presidiário foi localizado com drogas e celular utilizado para ordenar ataque.  A polícia identificou o homem suspeito de ser o mandante do ataque ao prédio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) na madrugada de domingo (25), na cidade de Sobral, principal cidade da região Norte. O suspeito está preso por tráfico de drogas e roubos em um presídio de Sobral.
O ataque ocorreu na madrugada de domingo (25), quando criminosos arremessaram uma bomba de fabricação caseira contra o prédio da Ciops. A coordenadoria recebeu diversas ligações ao longo do dia com ameaças de novos ataques.
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), as chamadas telefônicas partiram de um chip cadastrado no nome de José Fábio Alves da Silva Maciel, 36 anos, que estava preso na Penitenciária Industrial Regional de Sobral (PIRS). Durante a vistoria na cela do suspeito, os policiais apreenderam drogas e cinco celulares, incluindo o aparelho que originou as ligações.
O major Flávio Dias, orientar da Ciops, afirmou que o preso foi conduzido à delegacia e autuado pelo crime de atentado contra a incolumidade pública. Dias relatou que a Polícia Civil está investigando para saber se o criminoso tem envolvimento com os demais ataques registrados no estado. O homem retornou ao presídio e segue recolhido.
Além da ação contra o prédio da Ciops, o Ceará registrou outros ataques a ônibus e prédios públicos durante o fim de semana. Seis pessoas foram presas até a manhã desta segunda-feira, segundo a SSPDS.
Marca de bala no prédio da Secretaria de Justiça do Ceará, em Fortaleza. Homens atiraram contra o prédio e morreram em confronto com a polícia.
Alana Araújo/TVM
Veja as ações criminosas ocorridas neste fim de semana:
12 ônibus foram atacados ao longo do fim de semana. Cinco ficaram foram completamente destruídos.
Homens atiraram contra o prédio da Secretaria da Justiça na madrugada sábado, no Bairro Aldeota. Três deles morreram em confronto com a polícia.
Criminosos queimaram mais de 50 carros e motos em um prédio da Secretaria da Infraestrutura de Cascavel.
Ainda nesta madrugada, criminosos usaram bombas caseiras para incendiar um dos blocos da Secretaria Regional IV, no Bairro Serrinha.
Homens arremessaram uma bomba incendiária contra o prédio da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) de Sobral, na região Norte do estado.
O Juizado Especial Cível e Criminal, no Bairro Itaperi, também foi atacado a tiros na madrugada.
Duas antenas de telefonia foram danificadas por criminosos no Bairro Jardim Iracema e na Avenida Maestro Lisboa, no Bairro José Alencar.
Depósito de veículos e pelo menos 50 carros foram incendiados na cidade de Cascavel.
Bandidos atiraram contra a fachado do Banco Itaú na Avenida Washington Soares.
Um veículo foi parcialmente queimado em frente ao 20° Distrito Policial.
Duas ocorrências de disparos em frente a órgãos públicos foram registradas (18° Juizado Especial e Etufor)
Conforme a SSPDS, quatro homens foram presos no sábado e dois, na manhã deste domingo. As prisões de sábado ocorreram no Bairro Vila União e no Centro da capital. Os suspeitos estavam com munição e galões contendo combustível.
Já na manhã de domingo, policiais do Batalhão de Choque abordaram dois homens em uma moto na Avenida Presidente Castelo Branco (Leste Oeste), no Bairro Moura Brasil. Com eles, a PM encontrou uma mochila com nove garrafas de gasolina. Um dos suspeitos já respondia por tráfico de drogas.
Transporte público
Após a sequência de ações criminosas, Fortaleza começou a segunda-feira com ônibus circulando em comboio e com escolta policial. Os terminais de ônibus da capital não registraram ocorrências e tiveram policiamento reforçado, segundo a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), que administra o sistema de transporte público.
As garagens das empresas de ônibus também ganharam policiamento. Duas aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) sobrevoam as áreas pré-definidas pelos órgãos de segurança.
Um dos ônibus incendiados na noite deste sábado em Fortaleza. Coletivo foi atacado na Praça Coração de Jesus, no Centro.
Reprodução/TV Verdes Mares

Powered by WPeMatico