Mais de 230 são internados com intoxicação alimentar nas Filipinas

Vítimas estão distribuídas em cinco hospitais da capital Manila

Vítimas estão distribuídas em cinco hospitais da capital Manila
Reprodução/Reuters

Mais de 230 pessoas foram hospitalizadas devido a uma intoxicação alimentar depois de participarem nesta quarta-feira (4) de um ato em homenagem à ex-primeira-dama das Filipinas, Imelda Marcos, que ontem completou 90 anos.

Os pacientes estão internados em cinco hospitais diferentes de Manila, enquanto as autoridades analisam a origem da intoxicação, informou o chefe interino do Conselho Nacional para a Redução de Desastres, Bryant Wong.

Leia também: Saiba o que leva à intoxicação alimentar e como preveni-la

Wong explicou que trabalha em coordenação com a Administração Nacional de Remédios e Alimentos (FDA, em inglês) para recolher amostras da comida servida no evento, que aconteceu nesta manhã no centro esportivo Ynares, no distrito de Pasig.

Na celebração, que contou com a presença de cerca de 2,5 mil simpatizantes de Marcos, foram servidos dois menus diferentes: um para os convidados VIP e outro para os convidados regulares, grupo que foi intoxicado.

Os afetados sofreram “vômitos e enjôos”, afirmou no Twitter o senador Richard Gordon, que é, além disso, presidente da Cruz Vermelha na Filipinas, entidade que prestou assistência aos afetados antes de serem transferidos aos hospitais.

Saiba mais: Lavar frango ‘aumenta risco de intoxicação alimentar’

“Alguns convidados sentiram náuseas depois de beber água engarrafada distribuída na celebração”, indicou Gordon.

Imelda encerrou em 30 de junho seu mandato de nove anos como congressista por Ilocos Norte e agora seus filho Imee e Bongbong contam com um amplo apoio popular em suas carreiras políticas.

Virose, gripe ou intoxicação alimentar? Entenda as diferenças: