Lucas Santtana entra no mar de Dorival Caymmi, em single, enquanto grava álbum em Paris


♪ Enquanto dá continuidade à gravação do nono álbum em Paris, na França, o baiano Lucas Santtana lança single com regravação de A jangada voltou só, canção praieira da lavra do compositor conterrâneo Dorival Caymmi (1914 – 2008).
Lançada há 70 anos, em disco editado em 1941, a canção A jangada voltou só tinha sido cogitada por Santtana para entrar no repertório do oitavo álbum do cantor, compositor e violonista, O céu é velho há muito tempo (2019), mas acabou fora do disco apresentado há dois anos.
Música ouvida na voz de Santtana na trilha sonora do documentário Dorivando Saravá – O preto que virou mar (2020), A jangada voltou só aporta nos players digitais em gravação de voz e violão, produzida e mixada por Gilberto Monte.
Disponível desde 27 de janeiro, o single A jangada voltou só sucede a edição comemorativa de 20 anos do primeiro álbum do artista, Eletro Ben Dodô (2000), reposto no mercado em 18 de dezembro em versão remixada e remasterizada pelo produtor musical Chico Neves.
Capa do single ‘A jangada voltou só’, de Lucas Santtana
Reprodução