Lago tóxico na Sibéria tem água tão azul que lembra praias no Caribe

As fotos podem até confundir, mas essa água azul está numa região muito mais conhecida pelo frio do que pelas praias paradisíacas. A Sibéria, na Rússia, está atraindo curiosos do mundo todo que querem conhecer um lago tóxico que chama atenção pela beleza

Apesar de ser um local muito bonito e lembrar algum paraíso tropical, não é possível nadar e se refrescar nessa água azul. O motivo é que o lago recebe os resíduos da usina térmica de Novosibirsk, que fica nos arredores

A água azulada é resultado da grande concentração de óxido de cálcio resultado das atividades da usina

Mesmo não sendo um lugar conhecido por ter uma natureza intocável, curiosos viajam até a região para fazer lindas fotos diante do lago

No Instagram, diversas pessoas postam suas fotos diante do belo cenário e marcam a localização do lago tóxico siberiano

Os visitantes mais ousados até utilizam boias e pranchas para conseguir uma foto bem no meio do lago com a água azul por todos os lados

Apesar da presença de pessoas nas margens do lago, o local não está aberto à visitação e é uma área de armazenamento de descarte industrial

Nas redes sociais, pessoas publicam suas experiência no lago siberiano e ajudam a propagar o local como um ponto turístico