Ladrões invadem museu ninja no Japão e roubam cofre de 150 kg


Suspeitos passaram despercebidos pelas câmeras de segurança do local. O cofre continha os valores dos ingressos arrecadados no fim de semana. Apresentação com técnicas ninjas em museu japonês
Divulgação/ Museu Iga-ryu Ninja
Na calada da noite, ladrões invadiram um museu ninja no Japão e desapareceram com um cofre de 150 kg com o equivalente a mais de R$ 50 mil em ingressos.
O Museu Iga-ryu Ninja, localizado na cidade de Iga, na província de Mie, é dedicado à história e às práticas ninja. Segundo autoridades locais, os ladrões utilizaram um pé de cabra para entrar no escritório do local, removido o cofre e saído do prédio no espaço de três minutos.
Segundo jornais locais, o cofre continha os valores dos ingressos coletadas no fim de semana, quando o museu e as atrações ninjas ao redor atraíram mais de 1.000 visitantes.
Em entrevista ao canal CNN, um funcionário informou que as câmeras de segurança do museu mostraram um carro parando no prédio na noite do roubo e um homem saindo do banco do passageiro. Ele caminhou em direção à câmera da entrada e a inclinou para baixo, de modo que apenas filmasse o chão pelo resto da noite.
A casa ninja tradicional é famosa por oferecer experiências interativas para os visitantes, permitindo que eles aprendam sobre as habilidades dos guerreiros antigos. A cidade onde o museu é localizado, se tornou um centro de entretenimento e turismo ninja.
Todos os anos, Iga realiza um festival em homenagem ao tema que atrai milhares de participantes com apresentações tradicionais e sessões de treinamentos da arte marcial.