Kim Kardashian entra para lista de bilionários da ‘Forbes’


Com fortuna estimada em US$ 1 bilhão, socialite se junta ao futuro ex-marido, Kanye West. A meia-irmã da empresária, Kylie Jenner, perdeu status de bilionária. Kim Kardashian no Baile de Gala do Met 2018
REUTERS/Eduardo Munoz
A socialite americana Kim Kardashian, que iniciou sua carreira com o reality show “Keeping Up with The Kardashians”, foi incluída nesta terça-feira (6) pela primeira vez na lista de bilionários do mundo pela revista “Forbes”.
A “Forbes” estima que Kardashian, de 40 anos, “soma agora US$ 1 bilhão, subindo de US$ 780 milhões em outubro, graças a duas empresas lucrativas – a KKW e a Skims – além de verbas do reality show e de acordos de patrocínio, e de uma série de investimentos menores”. 
A estimativa da revista significa que Kardashian se junta ao seu futuro ex-marido Kanye West no clube dos bilionários. A revista estimou que o patrimônio líquido de West corresponde a US$ 1,8 bilhão, a maior parte de acordos com sua marca de tênis e roupas Yeezy.
Kardashian deu entrada no pedido de divórcio com West, de 43 anos, em fevereiro, citando diferenças inconciliáveis.
A meia-irmã da empresária, Kylie Jenner, no entanto, perdeu o status de bilionária. A revista avaliou a fortuna da modelo de 23 anos em US$ 700 milhões, citando um ano difícil para a venda de cosméticos durante a pandemia do coronavírus e o que chamou de superestimativas de receita da marca Kylie Cosmetics, que é controlada pela Coty Inc, que detém 51% das ações. 
Kardashian fundou a KKW Beauty em 2017, promovendo e vendendo os produtos online, auxiliada por uma presença nas redes sociais que inclui 213 milhões de seguidores no Instagram. A socialite lançou a linha de cintas modeladoras multicoloridas Skims em 2019.