Kieza explica metodologia de Paquetá nos treinos: ‘Não quis mudar tudo’

Lance

Lance
Lance

A pouco menos de uma semana para retornar o Campeonato Brasileiro, Kieza fez uma projeção do que pode estar por vir quanto ao Botafogo, atual nono colocado na competição. Para encarar o Corinthians, próximo adversário, o time de Marcos Paquetá, que fará sua estreia, deve ser mais conservador em relação a mudanças. O centroavante justifica, em entrevista coletiva.

– Procurar tentar saber o que ele quer e conhecer o trabalho dele. Ele não quis chegar e mudar tudo. Aos poucos, ele vai colocando a maneira dele de trabalhar e jogar – comentou K9, nesta quinta-feira.

Também questionado acerca dos testes mais cascudos que o Corinthians tem feito, como dois amistosos com o Cruzeiro e um com o Grêmio, Kieza admitiu que os rivais dão um passo à frente com a dificuldade dos jogos – cabe destacar que o Botafogo, assim como todos os clubes do Rio de Janeiro, optou por jogos-treinos com equipes cariocas e menores (Audax, Bangu e América).

– A gente sabe que a diferença de adversário é um pouco melhor do que os que a gente enfrentou, eles (Corinthians) podem ter tirado um pouco mais de proveito. Enfrentaram times de Série A, com mais qualidade, mantendo o padrão do Brasileiro. Mas acredito que a gente possa surpreender com muito esforço, até para recuperar o ritmo.

– Quando tem essa parada, voltamos diferente de como estávamos. Não temos o mesmo ritmo. Essa parada nos faz perder um pouco. Além dos treinos, temos os jogos-treinos para ver como está a nossa equipe – completou.

Botafogo e Corinthians se enfrentam na próxima quarta-feira, às 21h45, na Arena de Itaquera, em duelo válido pela 13ª rodada do Brasileirão.