Kawasaki ZX-10R 2020 tem recall por defeito na central eletrônica do motor


Falha pode causar incêndio nas unidades envolvidas no chamado. Proprietários devem levar a moto à concessionária para reparo gratuito. Kawasaki ZX-10R 2020 SE
DIvulgação
A Kawasaki anunciou o recall das motos ZX-10R e ZX-10R SE no Brasil, de ano/modelo 2020, por possível defeito na central eletrônica do motor. Os proprietários devem levar as unidades envolvidas no chamado à concessionária para o reparo gratuito.
Veja os chassis envolvidos:
Ninja ZX-10R (2020): 96PZXVE1*LFS00001 até 96PZXVE1*LFS00161
Ninja ZX-10R SE (2020): de 96PZXVH1*LFS00001 até 96PZXVH1*LFS00020
No conserto, as motos devem passar pela a reprogramação da ECU (Unidade de Controle do Motor) e substituição das válvulas de sucção de ar do cabeçote; o tempo de reparo é de 3 horas, e os agendamentos para o serviço já estão disponíveis.
De acordo com a montadora, a programação de fábrica da ECU (Unidade de Controle do Motor) pode causar um atraso na queima do combustível quando usada em conjunto com o sistema de troca de marchas Quick Shifter em condições extremas de condução, resultando em deformação e/ou quebra das válvulas de sucção de ar.
O uso contínuo nesta condição pode resultar em derretimento das peças ao redor pela alta temperatura do retorno dos gases de escape, podendo causar um incêndio e gerar acidentes fatais, afirma a Kawasaki.
Para mais informações, a empresa disponibiliza o site www.kawasakibrasil.com e o telefone 0800 773-1210, das 9h às 17h.