Kawasaki Z H2 é revelada com motor ‘turbinado’ de 200 cavalos


Com visual assimétrico, moto foi apresentada no Salão de Tóquio. Modelo é a “naked” mais potente da história da marca, com motor de 998 cc e compressor a ar. Kawasaki Z H2 tem 200 cavalos de potência
A inédita Kawasaki Z H2 fez sua estreia mundial no Salão de Tóquio 2019. Utilizando como base a esportiva Ninja H2, a nova moto atinge os 200 cavalos de potência.
De acordo com a montadora, ainda não há previsão para a chegada do modelo ao Brasil. Utilizando compressor a ar (supercharger), a motocicleta é a “naked” – moto sem carenagens – mais potente da história da marca.
Kawasaki Z H2
Rafael Miotto/G1
Veja fatos sobre a Z H2
Motor de 4 cilindros e 998 cc
Sobrealimentação a ar (supercharger)
200 cavalos de potência
14 kgfm de torque
6 marchas
Luzes de LED
4 modos de pilotagem
ABS
Controle de tração
Embreagem assistida e deslizante
Kawasaki Z H2 tem entrada de ar do lado esquerdo da moto, o que deixa seu visual assimétrico
Rafael Miotto/G1
Visual assimétrico
Um fator que chama atenção na Z H2 é o visual assimétrico da dianteira. Do lado esquerdo da moto está a entrada que leva o ar para o compressor, o que faz a moto japonesa lembrar o estilo das BMWs, que costumam ter estética assimétrica em parte de sua linha.
Kawasaki Z H2
Divulgação
Kawasaki Z H2
Divulgação
Kawasaki Z H2
Divulgação