Juiz de Fora inaugura Estação de Tratamento de Esgoto União-Indústria no Bairro Granjas Bethel


Unidade faz parte das obras de despoluição do Rio Paraibuna e custou R$ 25 milhões. ETE deve tratar 50% dos dejetos produzidos na cidade até o final de 2018. Estação de Tratamento de Esgoto União-Indústria do Bairro Granjas Bethel, em Juiz de Fora
Prefeitura de Juiz de Fora/Divulgação
A Prefeitura de Juiz de Fora inaugura nesta quinta-feira (22) a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) União-Indústria. A unidade fica no Bairro Granjas Bethel e faz parte das obras de despoluição do Rio Paraibuna.
A estação custou R$ 25 milhões e vai receber parte do esgoto que atualmente é despejado no rio que corta a cidade. Os dejetos serão transportados até a ETE por redes coletoras e interceptoras que foram implantadas na região central nos últimos anos.
Uma cerimônia para oficializar a inauguração está marcada para as 16 horas, no local da estação, com representantes do Executivo.
De acordo com a Prefeitura, a vazão pode chegar a 850 litros de esgoto por segundo e a expectativa é que a ETE trate cerca de 50% do material produzido em Juiz de Fora até o final e 2018. No futuro, a estação deve tratar até 70% do esgoto da cidade.
Ainda em 2018, a previsão é que seja finalizada a primeira fase das obras de despoluição do Rio Paraibuna, que inclui elevatórias e redes da margem direita do rio, desde a Rua Benjamim Constant, no Centro, até a ETE União-Indústria.
Ao mesmo tempo, a Companhia de Saneamento Municipal (Cesama) espera completar grande parte da implantação dos coletores de esgoto dos córregos São Pedro e Tapera, incluindo as respectivas estações elevatórias.

Powered by WPeMatico