Jiboia de 2,2 metros é capturada em Vilhena, RO


Réptil estava na avenida 1° de Maio, quando foi achada resgatada por uma equipe da Semma. Cobra foi solta na natureza pelos Bombeiros. Após ser capturada, jiboia foi solta em um riacho na zona rural
Semma/Divulgação
Uma jiboia de 2,2 metros de comprimento foi capturada na Avenida 1° de Maio em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), a cobra estava rastejando nas imediações, na tarde de segunda-feira (10), quando moradores a viram e acionaram as autoridades.
A avenida 1° de Maio, onde a jiboia estava, fica perto do rio Pires de Sá. Na região já ficou comum achar animais silvestres, pois o rio Pires de Sá corta boa parte da área urbana de Vilhena.
Cobra foi capturada e solta em um riacho
Semma/Divulgação
A jiboia de 2,2 metros foi capturada pela Semma e entregue ao Corpo de Bombeiros, que realizou a soltura da cobra em um riacho na zona rural.
De acordo com a Semma, a cobra detecta as presas pela percepção do movimento e do calor e as surpreende em silêncio. Ela se alimenta de pequenos mamíferos, como ratos, aves e lagartos. A jiboia não é peçonhenta, mas sua mordida provoca dores e infecções.
A jiboia da 1° de Maio “é o 62° animal resgatado e reinserido em seu habitat natural nos últimos sete meses”, informou a prefeitura de Vilhena.
Jiboia tinha 2,2 metros de comprimento
Semma/Divulgação