Jeep Gladiator é registrado no Brasil; marca confirma estudos para comercialização


Picape do jipão Wrangler pode rodar sem teto e sem portas. FCA confirma que deseja comercializar o modelo por aqui, mas não tem previsão para lançamento. Jeep Gladiator aparece em registros do INPI
Divulgação/INPI
O Jeep Gladiator, a picape “conversível” do Wrangler, apareceu no Brasil através de registros publicados nesta terça-feira (29) no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial). O modelo foi apresentado há um ano nos Estados Unidos.
Procurada pelo G1, a FCA confirmou que há “estudos e vontade” de comercializar o modelo por aqui, mas que ainda esbarra em algumas questões que devem ser consideradas — sem dizer quais. O preço deve ser uma delas. Com isso, não há previsão para lançamento.
Jeep Gladiator
Divulgação/INPI
Assim como em outros modelos da marca, o teto do Gladiator pode ser rígido ou de lona e é removível (é isso mesmo, uma picape conversível) e o para-brisa é basculante.
Também é possível retirar as portas para uma vocação ainda mais “trilheira”. Os registros mostram até a picape sem teto e portas (veja abaixo).
Registros do Jeep Gladiator mostram até o modelo sem teto e portas
Divulgação/INPI
Por enquanto, no mercado americano, o modelo só oferece motorização 3.6 V6 a gasolina de 289 cavalos de potência e 35,9 kgfm de torque, com opções de câmbio manual de 6 marcha ou automático de 8.
Para 2020, ele ganhará um 3.0 V6 turbodiesel de 263 cavalos e 61,1 kgfm de torque. Neste caso, a transmissão será sempre a automática de 8 marchas.
Veja como é o Jeep Gladiator:
Jeep Gladiator
Divulgação/Jeep
Jeep Gladiator
Divulgação/Jeep