Jão lança álbum ao vivo com gravação do show da turnê ‘Anti-herói’


Jão lança disco ao vivo gravado em show apresentado pelo cantor em novembro, em São Paulo
Divulgação
♪ Lançado sem aviso prévio em 10 de outubro, o segundo álbum de Jão, Anti-herói, gerou show estreado naquele mesmo mês de outubro de 2019.
Ao ser interrompida em março por conta da pandemia do covid-19, a turnê nacional do show Anti-herói já tinha sido captada em novembro, em apresentação feita pelo cantor e compositor paulista na casa Tom Brasil, na cidade de São Paulo (SP).
É essa gravação do show que gera o álbum Turnê Anti-herói (Ao vivo), disponibilizado em edição digital nesta terça-feira, 28 de julho.
Capa do álbum ‘Turnê Anti-herói (Ao vivo)’, de Jão
Divulgação
Terceiro álbum da discografia iniciada por Jão há dois anos com o EP Primeiro acústico (2018), Turnê Anti-herói contabiliza 16 músicas gravadas ao vivo em roteiro que alterna músicas dos dois primeiros álbuns do artista, Lobos (2018) e Anti-herói (2019), sem esquecer o repertório do EP inicial, representado por músicas como Aqui e Imaturo.
De Lobos, o cantor rebobina composições como A rua, Lindo demais, Me beija com raiva e Vou morrer sozinho.
Revivido com músicas como Barcelona, Enquanto me beija, Fim de festa, Você vai me destruir e VSF, o repertório do álbum Anti-herói – gerado pelo cantor a partir de dor de amor desfeito – predomina no roteiro do show eternizado no primeiro disco ao vivo de Jão.
Contudo, aliado à pegada pop dos arranjos, o coro fervoroso do público – perceptível já na primeira música, Triste pra sempre – dilui o tom dolente, raivoso e eventualmente depressivo das músicas nascidas da sofrência de Jão.