Instagram proíbe posts que estimulem suicídio e automutilação

Instagram vai começar a banir conteúdos que façam alusões ao suicídio

Instagram vai começar a banir conteúdos que façam alusões ao suicídio

Pixabay

O Instagram vai proibir a reprodução de memes, desenhos, charges e até conteúdos que foram retirados de filmes que façam alusão ao suicídio ou a automutilação. A nova medida foi anunciada no domingo (27) pelo Adam Mosseri, chefe da rede social.

Leia também: Instagram bloqueia espionagem de usuário que não estiver logado

O chefe do Instagram explica que a mudança está sendo colocada em prática devido aos casos de jovens que consomem o suicídio depois de visualizar esse tipo de conteúdo na plataforma. Desde fevereiro, a empresa monitora postagens com conteúdo que possa incentivar ou promover o ato.

Mosseri relata os efeitos da nova medida de segurança: “Nos três meses seguintes à mudança de política, removemos, reduzimos a visibilidade ou adicionamos telas de sensibilidade a mais de 834.000 partes de conteúdo. Conseguimos encontrar mais de 77% desse conteúdo antes de nos ser relatado”.

Leia também: Instagram remove filtros que simulam cirurgia plástica no rosto

Em reposta, perfis que publicarem material relacionado ao suicídio ou automutilação, terá a diminuição do alcance da conta. Além disso, a plataforma irá oferecer ajuda aos usuários que partilham esse conteúdo, como recomendar o número de telefone de entidades que oferecem auxílio.

Saiba como denunciar casos de bullying pelo Instagram

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques